Prêmio Dresden

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O prêmio Dresden (em alemão: Dresden-Preis) é um prêmio de paz internacional, criado em 2010, concedido anualmente em 13 de fevereiro, aniversário do bombardeamento de Dresden na Segunda Guerra Mundial.[1] [2]

São agraciados em especial contribuições contra conflitos, violência e escalação (em alemão: Eskalation). A condecoração foi criada pela associação Friends of Dresden Deutschland, fundada em Dresden em 2009. A associação é derivada da estadunidense Friends of Dresden Inc. de Nova Iorque, criada por Günter Blobel. É patrocinado pela Fundação Klaus Tschira, dotado do valor monetário de 25.000 euros.

De acordo com os organizadores, a condecoração serve também como contrapartida ao Dresdner Gedenktag, organizado por neonazistas também no dia 13 de fevereiro. A pedido do Ministro do Interior da Saxônia, por questões de segurança, a cerimônia de condecoração da primeira premiação foi transferida para o dia seguinte, em uma comemoração na Ópera Semper.

Agraciados[editar | editar código-fonte]

Ano Agraciado Imagem Apresentador Justificativa
2010 Mikhail Gorbachev Michail Gorbatschow Gerhart Baum Por suas realizações na prevenção de conflitos e violência, e em especial por seu engajamento para o desarmamento nuclear. Com sua iniciativa unilateral de abandonar a instalação de mísseis balísticos de médio alcance, Gorbachev deu um sinal para o encerramento da corrida armamentista atômica e contribuiu fundamentalmente para a prevenção da violência nas décadas passadas.
2011 Daniel Barenboim[3] Daniel Barenboim Richard von Weizsäcker Por seu engajamento por um diálogo no Oriente Médio, criador da West-Eastern Divan Orchestra.
2012 James Nachtwey James Nachtwey Wim Wenders
2013 Stanislav Petrov Stanislaw Jewgrafowitsch Petrow Claus Kleber

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]