Prêmio Emmy Internacional de melhor atriz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Emmy Internacional de melhor atriz
Descrição programas televisivos
Apresentação Academia Internacional das Artes & Ciências Televisivas
País  Estados Unidos
Primeira cerimónia 2005
Última cerimónia 2012
Detentor BrasilFernanda Montenegro, em 'Doce de Mãe
Página oficial

Prêmio Emmy Internacional de melhor atriz é uma premiação do Emmy que acontece desde 2005 e que premia atrizes fora dos Estados Unidos. A premiação ocorre em Nova Iorque.

A primeira atriz vencedora do Emmy foi a chinesa Lin He em 2005, por Wei Nuli de Muqin. O Reino Unido é o país com o maior numero de vitórias e indicações ao prêmio, um total de 10 indicadas e 4 vencedoras, seguido do Brasil com 6 indicações ao todo, mas apenas com uma vitória. A China vem em seguida com 3 indicações, Suécia, Dinamarca, África do Sul e França tem cada um, duas indicações ao prêmio.

Em 2005, a atriz Carolina Oliveira se tornou a atriz mais jovem a ser indicada ao prêmio por Hoje é Dia de Maria, na época ela tinha apenas 10 anos.

Lilia Cabral e Lucy Cohu são as únicas atrizes duas vezes indicadas a categoria, Cabral em 2007 por Páginas da Vida e em 2009 por Viver a Vida, ambas novelas de Manoel Carlos e Cohu em 2006 por The Queen's Sister e 2008 por Forgiven, onde saiu vencedora.

Em 2013, Fernanda Montenegro se tornou a primeira atriz brasileira a vencer o prêmio.[1] Irene Ravache e Adriana Esteves são outras brasileiras indicadas ao prêmio.[2]

Prêmio Emmy Internacional[editar | editar código-fonte]

Sobre o prêmio[editar | editar código-fonte]

A Academia Internacional das Artes & Ciências Televisivas realiza os prêmios para honrar o melhor da televisão não americana.

A Fundação organiza e administra o intercâmbio mundial e programas educacionais da Academia Internacional das Artes e Ciências Televisivas. Ele tem sua própria constituição, Diretores e Conselheiros Independentes de Curadores.

Identificar os nomeados demora meses, com a votação a ser levada em diversos festivais de televisão internacionais. Os dois melhores programas de um gênero em particular, em quatro regiões, são selecionados para uma semifinal, de onde os elementos nomeados são eleitos. Cada nomeado é mostrado num festival, em Nova Iorque, que acontece antes da própria cerimônia.[3]

História[editar | editar código-fonte]

Fundada em 1969, a Academia de Artes & Ciências Televisivas é uma organização baseada em membros composta por líderes de mídia e figuras de entretenimento de mais de 50 países e 500 empresas de todos os setores de televisão, incluindo a internet, celulares e tecnologia. A Academia foi fundado com a missão de reconhecer a excelência em programas de televisão produzidos fora dos Estados Unidos, e apresenta o Prêmio Internacional Emmy de programas em quinze categorias.[4] [5]

Vencedores e indicados[editar | editar código-fonte]

Ano Atriz Programa País
2005 Lin He por Wei Nuli de Muqin  República Popular da China
Anneke von der Lippe por Ved Kongens Bord  Noruega
Carolina Oliveira por Hoje é Dia de Maria  Brasil
Catherine Tate por The Catherine Tate Show  Reino Unido
2006 Maryam Hassouni por Offers  Países Baixos
Heike Makatsch por Margarete Steiff - Uma História de Coragem  Alemanha
Imelda Staunton por My Family and Other Animals  Reino Unido
Lucy Cohu por The Queen's Sister  Reino Unido
2007 Muriel Robin por Marie Besnard, l'empoisonneuse  França
Lília Cabral por Páginas da Vida  Brasil
Brenda Ngxoli por Home Affairs África do Sul África do Sul
Victoria Wood por Housewife, 49  Reino Unido
2008 Lucy Cohu por Forgiven  Reino Unido
Irene Ravache por Eterna Magia  Brasil
Sofie Gråbøl por Forbrydelsen  Dinamarca
Yuan Zhibo por Esperando pelo nascimento do marido  República Popular da China
2009 Julie Walters por A Short Stay na Suíça  Reino Unido
Cecilia Suárez por Capadocia  México
Angel Locsin por Lobo Filipinas
Emma de Caunes por Rien dans les poches  França
2010[6] Helena Bonham Carter por Enid  Reino Unido
Lilia Cabral por Viver a Vida  Brasil
Iris Berben por Krupp  Alemanha
Lerato Mvelase por Home Affairs África do Sul África do Sul
2011[7] Julie Walters por MO  Reino Unido
Adriana Esteves por Dalva e Herivelto - Uma Canção de Amor  Brasil
Noomi Rapace por Millennium  Suécia
Athena Chu Yan por A Wall-less World Honduras
2012[8] Cristina Banegas por Televisión por la Inclusión  Argentina
Sidse Babett Knudsen por Borgen  Dinamarca
Rina Sa por Zhong Guo Di  República Popular da China
Joanna Vanderham por The Runaway  Reino Unido
2013[9] Fernanda Montenegro por Doce de Mãe  Brasil
Li Sun por The Back Palace  República Popular da China
Sheridan Smith por Mrs Biggs  Reino Unido
Lotta Tejle por 30 Degrees In February  Suécia

Referências

  1. Fernanda Montenegro vence o Emmy Internacional
  2. BEST PERFORMANCE BY AN ACTOR (em inglês) iemmys.tv. Página visitada em 15 de outubro de 2011.
  3. THE INTERNATIONAL ACADEMY OF TELEVISION ARTS & SCIENCES (em inglês) iemmys.tv. Página visitada em 14 de setembro de 2013.
  4. BEING A MEMBER OF THE ACADEMY (em inglês) iemmys.tv. Página visitada em 14 de setembro de 2013.
  5. A ACADEMIA INTERNACIONAL DE ARTES E CIÊNCIAS TELEVISÃO (em inglês) iemmys.tv. Página visitada em 14 de setembro de 2013.
  6. Indicados ao Emmy Internacional 2010. Veja (10 de outubro de 2010). Página visitada em 19 de agosto de 2012.
  7. Indicados ao Emmy Internacional 2011. Veja (03 de outubro de 2011). Página visitada em 13 de setembro 2013.
  8. Indicados ao Emmy Internacional 2012. Veja (08 de outubro de 2011). Página visitada em 13 de setembro 2013.
  9. Indicados ao Emmy Internacional 2013. Veja (07 de outubro de 2013). Página visitada em 08 de outubro de 2013.