Prêmio Microsoft

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido de en:Microsoft Award. Ajude e colabore com a tradução.

O Prêmio Microsoft (em Inglês: Royal Society and Académies des sciences Microsoft Award) é um prêmio anual concedido pela Royal Society juntamente com a Académie des Sciences a pesquisadores trabalhando na Europa com contribuição destacada para o avanço das ciências utilizando métodos computacionais. O prêmio é financiado pela Microsoft Research.

O prêmio é disponibilizado a qualquer pesquisador que tenha contribuído significativamente na interface computacional e científica, abrangendo as áreas de ciências biológicas, ciências físicas, matemática e enegenharia. O prêmio reconhece a importância da pesquisa interdisciplinar na interface entre ciências e computação para o avanço da fronteira científica, bem como a importância da investigação para pesquisadores europeus, dotando a Europa de uma base científica competitiva.

O laureado é selecionado por um comitê composto por membros da academia de ciências e fellows da Royal Society. O prêmio consiste de um troféu e de € 250.000, dos quais € 7.500 são destinados ao laureado e o restante aplicado para financiar novas pesquisas.

Ano Laureado Afiliação Premiado por Citação Referência
2006 Dennis Bray Universidade de Cambridge Computer simulated chemotaxis of E. coli Set-up of a computational facility to provide computational power for molecular simulations of bacterial chemotaxis. [1]
2007 Giorgio Parisi Universidade La Sapienza quantum chromodynamics and spin glasses A project called IANUS that utilized field programmable gate arrays (FPGAs) as a simulator of complex systems. [2]
2008 Nicholas Ayache INRIA medical image analysis Statistics of three-dimensional shapes, the combination of several imaging modalities, and the development of computational models combining anatomy and physiology. [3]
2009 Peer Bork European Molecular Biology Laboratory Computational analysis of the human microbiome. [4]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]