Prêmio São Paulo de Literatura

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Prêmio São Paulo de Literatura
Descrição Prêmio concebido polo Governo do estado de São Paulo
Local São Paulo,  São Paulo
País  Brasil
Primeira cerimónia 2008
Última cerimónia 2013
Detentor Daniel Galera
Jacques Fux
Paula Fábrio
Página oficial

O Prêmio São Paulo de Literatura é um prêmio fornecido pelo Governo do estado de São Paulo através de um projeto criado pela Secretaria de Estado da Cultura com o objetivo inicial de estimular a leitura. [1] O Prêmio Surgiu no ano de 2008 através de um edital regido pela Lei Estadual nº 6.544/89, pela Lei Federal nº 8.666/93.

Apesar do nome do Prêmio levar em conta o nome de um dos principais estados, cidade nacional, São Paulo, o prêmio é aberto à inscrição de autores de todo o território nacional e estrangeiros de expressão portuguesa que tenham seus livros publicados dentro do território brasileiro, como exemplo, o escritor angolano residente atualmente no Brasil e editado pela Companhia das Letras, que teve seu livro “Avó Dezanove e o Segredo do Soviético” como um dos finalistas do ano de 2010.

A premiação é dada ao melhor livro do ano, considera-se um autor que já tenha outros livros publicados, e para o livro do ano de um autor estreante, que no caso pode ter publicado contos, poemas, mas não romances, já que no caso se considera uma estréia como romancista. O Objetivo principal do prêmio é listar o melhor da produção literária nacional de cada ano, o que nesse caso, pode funcionar como um estímulo ao interesse pela literatura brasileira.

Laureados[editar | editar código-fonte]

Em cinco edições de existência, o Prêmio São Paulo já se tornou um dos mais importantes prêmios literários nacionais, sendo sem dúvida, o mais cobiçado devido ao seu interessante valor de premiação. A cada ano, o Melhor Livro do Ano e o Melhor Livro do Ano de Autor Estreante recebem cada um o total de R$ 200 mil, o que é o maior valor ofrecido aos escritores entre os prêmios literários brasileiros. [2]

Obras Vencedoras[editar | editar código-fonte]

O seguinte é uma lista dos vencedores desde o início do Prêmio:

Ano Melhor Livro do Ano
Autor Título
2008 Cristóvão Tezza O Filho Eterno
2009 Ronaldo Correia de Brito Galiléia
2010 Raimundo Carrero A minha alma é irmã de Deus
2011 Rubens Figueiredo Passageiro do Fim do Dia
2012 Bartolomeu Campos de Queirós Vermelho Amargo
2013 Daniel Galera Barba ensopada de sangue
Ano Melhor Livro do Ano - Autor Estreante
Autor Título
2008 Tatiana Salem Levy A Chave de Casa
2009 Altair Martins A Parede no Escuro
2010 Edney Silvestre Se eu fechar os olhos agora
2011 Marcelo Ferroni Método Prático da Guerrilha
2012 Suzana Montoro Os Hungareses
Ano Melhor Livro do Ano - Autor Estreante Até 40 Anos
Autor Título
2013 Jacques Fux Antiterapias
Ano Melhor Livro do Ano - Autor Estreante Mais de 40 Anos
Autor Título
2013 Paula Fábrio Desnorteio

Detalhes do Prêmio por Cada Ano[editar | editar código-fonte]

Blueribbon icon = vencedor

Prêmio São Paulo de Literatura 2008[editar | editar código-fonte]

O júri inicial para o ano inaugural do Prêmio São Paulo de Literatura avaliou 146 romances apresentados por 55 editoras e 19 autores independentes.[3] [4] O júri inicial selecionou cinco finalistas para cada categoria, após o qual o júri final escolheu um vencedor de cada uma das categorias. A cerimônia de premiação aconteceu em 1 de dezembro de 2008, eo apresentador foi o VJ da MTV Cazé Peçanha.[5] Todas as entradas foram publicadas pela primeira vez no Brasil em 2007.

Finalistas de Melhor Livro do Ano[3] [6]

Finalistas de Melhor Livro do Ano - Autor Estreante[3] [6]

Administradores do Prêmio

Prêmio São Paulo de Literatura 2009[editar | editar código-fonte]

O São Paulo 2009 Prémio de Literatura recebeu 217 inscrições de romances de 75 editoras e 13 autores independentes,[9] (um aumento de 48% em relação ao ano anterior). A partir dessas observações, o júri selecionou 10 finalistas inicial para cada categoria (um aumento de cinco no ano anterior), que foram anunciadas em 30 de maio de 2009, no Segundo Festival da Mantiqueira.[10] Entre os finalistas estava um livro com dois autores. Todas as entradas foram publicadas pela primeira vez no Brasil em 2008.

Os vencedores escolhidos pelo júri final foram anunciados em 03 de agosto de 2009 em uma cerimônia no Museu da Língua Português. O anúncio foi feito pelo governador de São Paulo, José Serra, e do Secretário de Cultura do Estado de São Paulo, João Sayad.[11] A cerimônia contou com a presença do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, o Secretário da Educação do Estado de São Paulo, Paulo Renato Souza, o Secretário de Relações Institucionais do Estado de São Paulo, José Henrique Reis Lobo, o Coordenador da Unidade de Fomento e Difusão de Produção Cultural da SEC, André Sturm, e vários proeminentes figuras literárias, além da 20 finalistas.[12]

Finalistas de Melhor Livro do Ano[9] [10]


Finalistas de Melhor Livro do Ano - Autor Estreante[9] [10]

Administradores do Prêmio

Prêmio São Paulo de Literatura 2010[editar | editar código-fonte]

A lista dos dez finalistas de cada categoria escolhida pelo júri inicial para o Prémio São Paulo de Literatura 2010 foi anunciado oficialmente no Festival da Mantiqueira, em São Francisco Xavier, São Paulo em 29 de maio de 2010 pelo governador Alberto Goldman.[13] Os finalistas incluído Bernardo Carvalho, que fez sua segunda aparição, tendo feito anteriormente na lista em 2008, e Ivana Arruda Leite, que tinha servido no júri inicial para o Prêmio de 2008.

Originalmente havia 217 entradas em consideração pelo júri inicial.[14] Todas as entradas foram publicadas pela primeira vez no Brasil em 2009. Os vencedores escolhidos pelo júri final foram concedidos seus prêmios pela Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, Andrea Matarazzo, em nome do governador de São Paulo, em 2 de agosto de 2010 em uma cerimônia no Museu da Língua Português.[14]

Finalistas de Melhor Livro do Ano[13]

Finalistas de Melhor Livro do Ano - Autor Estreante[13]

Administradores do Prêmio

Prêmio São Paulo de Literatura 2011[editar | editar código-fonte]

O júri inicial para o Prêmio São Paulo de Literatura 2011 avaliou 221 romances—104 para o prêmio principal e 117 para o prêmio de autor estreante.[16] A lista dos dez finalistas de cada categoria foi oficialmente anunciado na quarta Festival da Mantiqueira, em São Francisco Xavier em 28 de maio de 2011.[15] Entre os finalistas foram Evandro Affonso Ferreira, que tinha sido no júri inicial para o prêmio de 2008, Menalton Braff, que tinha sido um dos finalistas para o prêmio de 2008 e no júri inicial para o prêmio de 2009, e Carola Saavedra, que havia sido finalista em 2009. Os vencedores escolhidos pelo júri final foi anunciado em 1 de agosto de 2011, em uma cerimônia no Museu da Língua Português. Todas as entradas foram publicadas pela primeira vez no Brasil em 2010.

Finalistas de Melhor Livro do Ano[15]

Finalistas de Melhor Livro do Ano - Autor Estreante[15]

Administradores do Prêmio

Prêmio São Paulo de Literatura 2012[editar | editar código-fonte]

O júri inicial para o Prêmio São Paulo de literatura 2012 avaliou 209 romances, 90 dos quais vieram de autores "veteranos," e 119 dos quais vieram de autores estreantes.[18] Em 2 de agosto de 2012, a Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo anunciou os 10 finalistas para cada categoria.[18] Incluído entre os finalistas foi o reaparecimento de Tatiana Salem Levy, que havia vencido o Prêmio São Paulo de Literatura 2008 para autores estreantes, Luiz Ruffato que tinha sido um dos finalistas para o prêmio principal de 2010, e Hélio Pólvora que tinha sido um dos finalistas para o prêmio de autor estreante em 2011. Bartolomeu Campos de Queirós morreu em janeiro de 2012, mas ainda foi feita uma finalista e autorizado a competir in memorian.[18] Sua novela finalmente ganhou o prêmio.[19] Bartolomeu Campos de Queirós foi representado na cerimônia de premiação por sua editora, Isabel Coelho, que aceitou o prêmio em seu nome e afirmou o dinheiro do prêmio iria para sua família.[20] Os vencedores escolhidos pelo júri final foram anunciados pelo governador Geraldo Alckmin[21] em 24 de setembro de 2012, no Museu da Língua Português. Todas as entradas foram publicadas pela primeira vez no Brasil em 2011.

Finalistas de Melhor Livro do Ano[18]

Finalistas de Melhor Livro do Ano - Autor Estreante[18]

Administradores do Prêmio

Prêmio São Paulo de Literatura 2013[editar | editar código-fonte]

As inscrições para a edição 2013 do prêmio abriu em 5 de junho de 2013, juntamente com uma notificação de uma mudança na estrutura prêmio. Sob a nova estrutura o prêmio de 2013 para o melhor livro do ano ficaria em R$200.000, enquanto o prémio para o melhor livro do ano por um autor estreante seria dividido, com R$100.000 para o melhor livro de uma autor estreante até 40 anos e R$100.000 para o melhor livro de um autor estreante mais de 40 anos.[23] Um autor que já publicou livros em outros gêneros ainda é considerado um autor estreante se o livro inscrita é o seu primeiro romance.

Entre 187 obras inscritos, 168 foram habilitados e entraram na competição. Os 20 livros finalistas foram anunciados na quinta-feira de 10 de outubro de 2013, cuatro na categoria de Autor Estreante Até 40 Anos, seis na categoria de Autor Estreante Mais de 40 Anos, e dez na categoria principal do Melhor Livro do Ano.[24] O anúncio dos vencedoras será feito no 25 de novembro, no Museu da Língua Portuguesa.[25]

Finalistas de Melhor Livro do Ano

Finalistas de Melhor Livro do Ano - Autor Estreante Até 40 Anos

Finalistas de Melhor Livro do Ano - Autor Estreante Mais de 40 Anos

Administradores do Prêmio[25]

Referências

  1. Prêmio São Paulo de Literatura Secretaria da Cultura - Governo do Estado de São Paulo.. Página visitada em 16 de março de 2013.
  2. Prêmio São Paulo de Literatura anuncia obras vencedoras Terra.. Página visitada em 16 de março de 2013.
  3. a b c ASSESSORIA DE IMPRENSA SEC (30 novembro 2008). Finalistas do Prêmio SP de Literatura 2008 Governo do Estado de São Paulo: Secretaria da Cultura.. Página visitada em 6 abril 2013.
  4. a b c Folha Online (1 dezembro 2008). Cristovão Tezza e Tatiana Levy levam Prêmio São Paulo de Literatura Folha de São Paulo.. Página visitada em 6 abril 2013.
  5. a b FRANCISCO QUINTEIRO PIRES (3 dezembro 2008). Em O Filho Eterno, a consagração de Tezza Gazeta de Alagoas.. Página visitada em 10 abril 2013.
  6. a b Folha Online (16 outubro 2008). [url=http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u457078.shtml Prêmio São Paulo de Literatura divulga finalistas] Folha de São Paulo.. Página visitada em 6 abril 2013.
  7. a b SP Notícias (17 outubro 2008). [www.saopaulo.sp.gov.br/spnoticias/lenoticia.php?id=99714 Cultura anuncia finalistas do Prêmio São Paulo de Literatura] Governo do Estado de São Paulo: SP Notícias.. Página visitada em 6 abril 2013.
  8. a b Faculty Profile. Página visitada em 7 abril 2013.
  9. a b c ASSESSORIA DE IMPRENSA SEC (26 julho 2009). Prêmio São Paulo de Literatura 2009 Governo do Estado de São Paulo: Secretaria da Cultura.. Página visitada em 7 abril 2013.
  10. a b c d Folha Online (31 maio 2009). Prêmio São Paulo de Literatura divulga finalistas Folha de São Paulo.. Página visitada em 6 abril 2013.
  11. a b c pe360graus (4 agosto 2009). Ronaldo Correia de Brito vence Prêmio São Paulo de Literatura 2009 globo.com.. Página visitada em 7 abril 2013.
  12. a b c ASSESSORIA DE IMPRENSA SEC (3 agosto 2009). Conheça os vencedores do Prêmio São Paulo de Literatura 2009 Governo do Estado de São Paulo: Secretaria da Cultura.. Página visitada em 7 abril 2013.
  13. a b c d MARCO RODRIGO ALMEIDA (29 maio 2010). Prêmio São Paulo de Literatura divulga finalistas Folha de São Paulo.. Página visitada em 6 abril 2013.
  14. a b c ASSESSORIA DE IMPRENSA SEC (2 agosto 2010). Prêmio São Paulo de Literatura 2010 Governo do Estado de São Paulo: Secretaria da Cultura.. Página visitada em 7 abril 2013.
  15. a b c d e MARCO RODRIGO ALMEIDA (28 maio 2011). Festival divulga finalistas do Prêmio São Paulo de Literatura Folha de São Paulo.. Página visitada em 6 abril 2013.
  16. a b Assessoria de Imprensa - Prêmio São Paulo de Literatura (31 maio 2011). Finalistas Prêmio São Paulo de Literatura Governo do Estado de São Paulo: Secretaria da Cultura.. Página visitada em 7 abril 2013.
  17. a b c G1: Pop & Arte (1 agosto 2011). Prêmio São Paulo de Literatura divulga vencedores de 2011 globo.com.. Página visitada em 7 abril 2013.
  18. a b c d e Michel Laub e Luiz Ruffato são finalistas do Prêmio São Paulo de Literatura Folha de São Paulo. (2 agosto 2012). Página visitada em 6 abril 2013.
  19. a b c Terra (24 setembro 2012). Prêmio São Paulo de Literatura anuncia obras vencedoras Terra.. Página visitada em 7 abril 2013.
  20. a b Márcia Abos (24 setembro 2012). Bartolomeu Campos de Queirós vence Prêmio São Paulo de Literatura O Globo: Blogs.. Página visitada em 10 abril 2013.
  21. Márcia Abos (24 setembro 2012). Bartolomeu Campos de Queirós ganha Prêmio São Paulo de Literatura Folha de São Paulo.. Página visitada em 10 abril 2013.
  22. a b Notícias > Cultura (2 agosto 2012). Finalistas do Prêmio São Paulo de Literatura são divulgados Estadão.. Página visitada em 7 abril 2013.
  23. Prêmio SP de Literatura abre inscrições e divide categoria de estreante Folha de São Paulo. (6 junho 2013). Página visitada em 6 junho 2013.
  24. Segundo Caderno (10 outubro 2013). Prêmio São Paulo de Literatura 2013 anuncia finalistas Zero Hora.. Página visitada em 11 outubro 2013.
  25. a b Conheça os jurados e curadores do Prêmio São Paulo de Literatura 2013 Prêmio São Paulo de Literatura.. Página visitada em 11 outubro 2013.