Prêmio Smith

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido de en:Smith's Prize. Ajude e colabore com a tradução.

O Prêmio Smith (em inglês: Smith's Prize) foi o nome de dois prêmios anuais para dois estudantes pesquisadores de física teórica, matemática e matemática aplicada da Universidade de Cambridge, Cambridge, Inglaterra.[1]

História[editar | editar código-fonte]

O Prêmio Smith foi criado pelo legado do matemático Robert Smith após sua morte em 1768, que deixou em seu testamento £ 3.500 em ações da Companhia dos Mares do Sul para a universidade. Anualmente dois ou mais estudantes de graduação (Bachelor of Arts) seriam premiados por trabalhos de grande progresso em matemática e filosofia natural, com recursos provenientes deste fundo. O prêmio foi concedido de 1769 a 1998, exceto em 1917.

De 1769 a 1885 o prêmio foi concedido para a melhor performance em uma série de exames. Em 1854 Sir George Gabriel Stokes incluiu no exame uma questão sobre um interessante resultado que William Thomson tinha lhe escrito, atualmente conhecido como teorema de Stokes. Thomas William Körner nota que

Um número reduzido de estudantes participava dos exames do Prêmio Smith no século XIX. Quando Karl Pearson participou do exame em 1879, os examinadores eram George Gabriel Stokes, James Clerk Maxwell, Arthur Cayley e Isaac Todhunter, e os examinados iam em cada ocasião à casa do examinador, escreviam de manhã um artigo, almoçavam então, e continuavam a trabalhar com o artigo de tarde.[2]

Em 1885 o exame passou a ser denominado Part III, (atual Part III of the Mathematical Tripos) e o prêmio foi concedido para o melhor trabalho submetido, ao invés da performance no exame. De acordo com Barrow-Green

Ao promover um interesse no estudo da matemática aplicada, a competição contribuiu para o sucesso da física matemática em se tornar a marca registrada da matemática em Cambridge durante a segunda metade do século XIX.[1]

No século XX a competição estimulou as pesquisas de pós-graduação em matemática, alavancando a carreira de graduados que almejavam uma carreira acadêmica. A maioria dos laureados tornou-se profissional de mátemática e física.

O Prêmio Rayleigh foi um prêmio adicional, concedido pela primeira vez em 1911. O Prêmio Smith e o Prêmio Rayleigh foram concedidos apenas para estudantes de pós-graduação graduados em Cambridge. O Prêmio J.T. Knight foi estabelecido em 1974 para graduados provenientes de outras universidades. Este prêmio celebra J.T. Knight (1942-1970), graduado em Glasgow e estudante de pós-graduação em Cambridge, que foi morto em um acidente automobilístico na Irlanda, em abril de 1970.

J.T. Knight

Valor monetário dos prêmio[editar | editar código-fonte]

Quando concedido em 1769 o prêmio valia individualmente £ 25, e permaneceu com este valor durante um século. Em 1867 foi reduzido para £ 23, e em 1915 voltou a seu valor inicial. Na década de 1930 foi elevado a ca. £ 30 e na década de 1940 teve um acréscimo de 1 libra esterlina, valendo então £ 31. Em 1998 um Prêmio Smith tinha o valor de £ 250.[1]

Em 2007 o valor dos três prêmio concedidos pelo fundo era aproximadamente de £ 175.000.[3]

Reorganização dos prêmios[editar | editar código-fonte]

Em 1998 o Prêmio Smith, Prêmio Rayleigh e Prêmio J. T. Knight foram fundidos no Prêmio Smith-Knight e Prêmio Rayleigh-Knight.[4]

Laureados com o Prêmio Smith[editar | editar código-fonte]

For the period up to 1940 a complete list is given in Barrow-Green (1999) including titles of prize essays from 1889-1940. The following is a selection from this list.

Laureados com a performance no exame[editar | editar código-fonte]

Laureado por ensaio[editar | editar código-fonte]

Laureados com o Prêmio Rayleigh[editar | editar código-fonte]

A more complete list of Rayleigh prize recipients is given in Appendix 1 ("List of Prize Winners and their Essays 1885-1940") of[1]

Laureados om o Prêmio J. T. Knight[editar | editar código-fonte]

  • 1974 Cameron Leigh Stewart [40] Allan J. Clarke
  • 1975 Frank Kelly[41] e Ian Sobey
  • 1977 Gerard Murphy
  • 1981 Bruce Allen e Philip K. Pollett
  • 1983 Ya-xiang Yuan
  • 1985 Reinhard Diestel
  • 1988 Somak Raychaudhury
  • 1990 Darryn W. Waugh
  • 1991 Renzo L. Ricca
  • 1992 Grant Lythe, Christophe Pichon
  • 1993 Anastasios Christou Petkou
  • 1994 Group 1: M. Gaberdiel, Y. Liu. Group 3: H.A. Chamblin. Group 4: P.P. Avelino, S.G. Lack, A.L. Sydenham. Group 5: S. Keras, U. Meyer, G.M. Pritchard, H. Ramanathan, K. Strobl. Group 6: A.O. Bender, V. Toledano Laredo.
  • 1996 Conor Houghton, Thomas Manke
  • 1997 Arno Schindlmayr
  • 1998 A. Bejancu, G. M. Keith, J. Sawon, D. R. Brecher, T. S. H. Leinster, S. Slijepcevic, K. K. Damodaran, A. R. Mohebalhojeh, C. T. Snydal, F. De Rooij, O. Pikhurko, David K. H. Tan, P. R. Hiemer, T. Prestidge, F. Wagner, Viet Ha Hoàng, A. W. Rempel e Jium-Huei Proty Wu

Laureados com o Prêmio Smith-Knight[editar | editar código-fonte]

  • 1999 D. W. Essex, H. S. Reall, A. Saikia, A. C. Faul, Duncan C. Richer, M. J. Vartiainen, T. A. Fisher, J. Rosenzweig, J. Wierzba e J. B. Gutowski[42] [43]
  • 2001 Ben Joseph Green, T A. Mennim, A. Mijatovic, F. A. Dolan, Paul D. Metcalfe e S. R. Tod
  • 2002 Konstantin Ardakov,[44] Edward Crane[45] e Simon Wadsley[46]
  • 2004 Neil Roxburgh[47]
  • 2008 Miguel Paulos
  • 2009 Olga Goulko
  • 2010 Miguel Custódio
  • 2011 Ioan Manolescu

Laureados com o Prêmio Rayleigh–Knight[editar | editar código-fonte]

  • 1999 C. D. Bloor, R. Oeckl, J. Y. Whiston, Y-C. Chen, P. L. Rendon, C. Wunderer, J. H. P. Dawes, D. M. Rodgers, H-M. Gutmann e A. N. Ross
  • 2001 A. F. R. Bain, S. Khan, S. Schafer-Nameki, N. R. Farr, J. Niesen, J. H. Siggers, M. Fayers, D. Oriti, M. J. Tildesley, J. R. Gair, M. R. E. H. Pickles, A. J. Tolley, S. R. Hodges, R. Portugues, C. Voll, M. Kampp, P. J. P. Roche e B. M. J. B. Walker[48]
  • 2004 Oliver Rinne
  • 2005 Guillaume Pierre Bascoul e Giuseppe Di Graziano
  • 2006 Richard Wilkinson[49]
  • 2007 Anders Hansen[50] e Vladimir Lazić

Referências

  1. a b c d Barrow-Green, June (1999), "A Corrective to the Spirit of too Exclusively Pure Mathematics: Robert Smith (1689–1768) and his Prizes at Cambridge University", Annals of Science 56 (3): 271–316, doi:10.1080/000337999296418 
  2. Discussion on the establishment of a degree of Master of Mathematics and a degree of Master of Advanced Study, Cambridge University, 2009-01-28, http://www.admin.cam.ac.uk/reporter/current/weekly/6138/16.html, visitado em 2009-04-30 [ligação inativa]
  3. Cambridge University Trust Funds p.34
  4. Reporter 11/11/98: Graces submitted to the Regent House on 11 November 1998
  5. Adams biography
  6. Todhunter biography
  7. http://www.clerkmaxwellfoundation.org/MathematicalTripos_Results2008_2_8.pdf
  8. Routh biography
  9. Macdonald biography
  10. Hardy biography
  11. Cunningham biography
  12. Bateman biography
  13. Mercer biography
  14. Turnbull biography
  15. Berwick biography
  16. .Obituary Notices : Livens, George Henry, Monthly Notices of the Royal Astronomical Society, Vol. 111, p.159 Bibliographic Code: 1951MNRAS.111..159 [1]
  17. Mordell biography
  18. Obituary, Professor Sydney Chapman, An outstanding mathematical physicist, The Times [2]
  19. Ince biography
  20. Ingham biography
  21. Milne biography
  22. Burkill biography
  23. Whittaker_John biography
  24. Todd biography
  25. http://www.math.toronto.edu/mpugh/Coxeter.pdf
  26. Kingman biography
  27. Professor Stephen Watson's biography on the Emmanuel College website
  28. Australian National University Research School of Earth Sciences
  29. http://www.maths.ed.ac.uk/~aar/
  30. SPE AbuDhabi Section
  31. Personal, Gordon Ogilvie, http://www.damtp.cam.ac.uk/user/gio10/personal.html, visitado em 2009-07-08 
  32. Cambridge University Reporter 22/4/98: Awards
  33. Mehra, Jagdish; Rechenberg, Helmut (2000), The Historical Development of Quantum Theory: The Fundamental Equations of Quantum Mechanics 1925-1926 : The Reception of the Quantum Mechanics 1925-1926, Springer, p. 54, ISBN 0-387-95178-4 
  34. William Hunter McCrea Biography, The MacTutor History of Mathematics archive, http://www-history.mcs.st-andrews.ac.uk/Biographies/McCrea.html, visitado em 2009-06-14 
  35. Davenport biography
  36. Assa Historical Section
  37. Koshy, Thomas (2004), Discrete mathematics with applications, Academic Press, p. 571, ISBN 0-12-421180-1 
  38. Staff Details
  39. Susan Stepney's mini CV
  40. http://www.math.uwaterloo.ca/PM_Dept/Homepages/Stewart/cv.shtml
  41. Frank Kelly's CV
  42. Reporter 21/4/99: Awards
  43. Queens' College Record 2000
  44. http://www.maths.nottingham.ac.uk/personal/pmzka1/CV.pdf
  45. http://people.maths.ox.ac.uk/crane/cv/cv.pdf
  46. Jesus College Annual Report 2005 p.13
  47. http://www.damtp.cam.ac.uk/user/nr264/cv.ps
  48. Cambridge University Reporter
  49. http://r-d-wilkinson.staff.shef.ac.uk/Full_CV.pdf
  50. Anders Hansen