Prêntice (cantor)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Prêntice
Informação geral
Nome completo Prêntice Maciel Teixeira
Nascimento 31 de Maio de 1956
Origem Petrópolis, RJ
País  Brasil
Data de morte 25 de maio de 2005 (48 anos)
Instrumento(s) Violão
Período em atividade 1970-2005
Outras ocupações Compositor
Afiliação(ões) Maritza Fabiani, Paulo Cézar Barros, Cláudia Telles, Ed Wilson, Gilson, Ronaldo Bastos, Augusto Cézar, Paulo Sérgio Valle, José Augusto, Tim Maia, Xuxa

Prêntice Maciel Teixeira (Petrópolis, 31 de maio de 1956 - Petrópolis, 25 de maio de 2005), conhecido apenas por Prêntice, foi um cantor e compositor brasileiro.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Irmão de Maritza Fabiani (a Kris da dupla Kris e Cristina), começou a se interessar pela música aos 14 anos de idade. Tereza Cristina, outra irmã do cantor, era casada com Paulo Cézar Barros (integrante da banda Renato e seus Blue Caps), e Prêntice acompanhava Paulo Cézar, aos 18 anos de idade, compondo e tocando violão, e com ele começou a aprender os primeiros acordes que futuramente o levariam a compor canções que se tornaram sucessos na voz de renomados artistas.

Ainda aos 14 anos, ingressou em uma escola de música, e chegou a ter aulas de canto com Paulo Fortes. Resolveu seguir a carreira de compositor, o que não o impediu de gravar seu principal sucesso como cantor: "Não diga nada", em parceria com Ed Wilson, Gilson e Ronaldo Bastos, e que na novela Ti Ti Ti, da Rede Globo, era o tema da personagem da atriz Myriam Rios, e que mais tarde seria regravada por Fábio Júnior, Rodrigo Faro, Filhos da Lua e Só pra Contrariar. A música ''Você Ainda Mora Em Mim'', outro sucesso de Prêntice, foi tema da novela Jogo do Amor, exibida pelo SBT nos anos 80.

Participou do Festival dos Festivais, organizado pela Globo em 1985. Interpretou "Violão e voz", composta em parceria com o paranaense Heitor Valente, cantando junto com Cláudia Telles, e suas irmãs, Maritza Fabiani (Kris) e Cristina.

Além de cantor, Prêntice também foi um bem-sucedido compositor. Além de Não diga nada, são de sua autoria: "Agüenta Coração" (composta também por Augusto César e Paulo Sérgio Valle), gravada por José Augusto, e que foi tema da novela Barriga de Aluguel, também da Globo, "Pede a Ela", gravada por Tim Maia, "Viver e Deixar Rolar", gravada por Wando, e voltaria a atuar como intérprete, em "Ainda Acredito" (participação de Ivan Lins), "Carinhos", outro sucesso de Tim, "Ama quem te ama", com Elymar Santos, "Desiguais", com Alcione, e com Xuxa: “Dança da Xuxa”, “O Circo”, "Conta Comigo", "Boto Rosa", e "Voz dos animais" - com esta última, ganhou o Prêmio Sharp, juntamente com Xuxa. Compôs também a música do papagaio Louro José, do programa "Mais Você".

Prêntice morreu em 25 de maio de 2005, seis dias antes de completar 49 anos. Estava em Petrópolis, sua cidade natal, quando sofreu um infarto fulminante.

Link[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este sobre um cantor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.