Nicolau da Grécia e Dinamarca

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nicolau da Grécia e Dinamarca
Príncipe da Grécia e Dinamarca
Cônjuge Helena Vladimirovna da Rússia
Descendência
Olga da Grécia e Dinamarca
Isabel da Grécia e Dinamarca
Marina, Duquesa de Kent
Pai Jorge I da Grécia
Mãe Olga Constantinovna da Rússia
Nascimento 9 de Janeiro de 1872
Atenas, Grécia
Morte 8 de janeiro de 1938 (65 anos)
Atenas, Grécia
Enterro Cemitério Real, Palácio de Tatoi, Grécia

Nicolau da Grécia e Dinamarca (9 de janeiro de 1872 - 8 de janeiro de 1938) foi um membro da Casa de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Glücksburg e o terceiro filho de Jorge I da Grécia, rei dos Helenos, e de Olga Constantinova da Rússia.

Casamento e descendência[editar | editar código-fonte]

O príncipe Nicolau com a filha, Olga.

Em 1902, Nicolau casou-se com a grã-duquesa Helena Vladimirovna da Rússia, filha do grão-duque Vladimir Alexandrovich da Rússia e da grã-duquesa Maria Pavlovna da Rússia. Eles tiveram três filhas:

  1. Olga da Grécia e Dinamarca (11 de junho de 190316 de outubro de 1997), casada com o príncipe Paulo da Jugoslávia; com descendência.
  2. Isabel da Grécia e Dinamarca (24 de maio de 190411 de janeiro de 1955), casada com o conde Carl Theodor de Toerring-Jettenbach; com descendência.
  3. Marina, Duquesa de Kent (13 de dezembro de 190627 de agosto de 1968), casada com o príncipe Jorge, duque de Kent; com descendência.

As suas três filhas ficaram famosas por causa da sua beleza.

Vida pública[editar | editar código-fonte]

Juntamente com os seus irmãos Constantino e Jorge, Nicolau ajudou a organizar os Jogos Olímpicos de Verão de 1896 em Atenas, os primeiros a ser realizados desde 393. Nicolau prestou serviço como presidente do sub-comité para o tiro-ao-alvo.

Em 1913, o príncipe assumiu uma posição muito controversa após o assassinato do seu pai em Thessaloniki, declarando que o assassinato do rei tinha sido um instrumento dos serviços secretos alemães, uma teoria que teria ofendido a nova rainha da Grécia, a sua cunhada Sofia da Prússia, que era irmã do kaiser Guilherme II da Alemanha.

O seu pai ofereceu-lhe o Teatro Real da Grécia que Nicolau entregou ao Eestado grego em 1935. Era amigo de George Simitis e foi padrinho do seu filho, o futuro primeiro-ministro socialista Kostas Simitis.[1]

Morte e enterro[editar | editar código-fonte]

O príncipe Nicolau morreu em Atenas no dia 8 de fFevereiro de 1938 e foi enterrado no túmulo real no Palácio de Tatoi.

Genealogia[editar | editar código-fonte]

Os antepassados de Helena Vladimirovna em três gerações
Nicolau da Grécia e Dinamarca Pai:
Jorge I da Grécia
Avô paterno:
Cristiano IX da Dinamarca
Bisavô paterno:
Frederico Guilherme, Duque de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Glücksburg
Bisavó paterna:
Luísa Carolina de Hesse-Cassel
Avó paterna:
Luísa de Hesse-Cassel
Bisavô paterno:
Guilherme de Hesse-Cassel
Bisavó paterna:
Luísa Carlota da Dinamarca
Mãe:
Olga Constantinovna da Rússia
Avô materno:
Constantino Nikolaevich da Rússia
Bisavô materno:
Nicolau I da Rússia
Bisavó materna:
Alexandra Feodorovna (Carlota da Prússia)
Avó materna:
Alexandra Iosifovna
Bisavô materno:
José de Saxe-Altemburgo
Bisavó materna:
Amélia de Württemberg

Referências

  1. Markezinis, Spyros (1994). Political History of Modern Greece
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Nicolau da Grécia e Dinamarca