Praça dos Girassóis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde março de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
O Palácio Araguaia, na Praça dos Girassóis.

A Praça dos Girassóis é uma praça pública que fica localizada em Palmas, capital do estado brasileiro do Tocantins. Com uma área de aproximadamente 570.000 m², a Praça dos Girassóis é a segunda maior praça pública do mundo, sendo superada apenas pela Praça Merdeka, que se encontra localizada em Jacarta, na Indonésia. Devido ao seu imenso tamanho, a Praça dos Girassóis supera inclusive praças mundialmente famosas, tais como: a Praça Tiananmen (ou Praça da Paz Celestial), em Pequim, na China; a Macropraça, em Monterrei, no México; e o Complexo do Portão da Índia, em Nova Délhi, na Índia.

A Praça dos Girassóis é o principal ponto turístico de Palmas, concentrando os prédios-sede de todos os três poderes públicos estaduais, sendo eles o Palácio Araguaia e as secretarias estaduais (poder executivo), a Assembleia Legislativa do Estado do Tocantins (poder legislativo) e o Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins (poder judiciário). Além destes prédios públicos, a Praça dos Girassóis também abriga o Memorial Coluna Prestes e a Catedral Metropolitana de Palmas.

A praça está localizada no ponto central da cidade de Palmas, sendo que a partir dela, partem a Avenida Teotonio Segurado e a Avenida JK, que são as principais vias arteriais da cidade. É a partir do Palácio Araguaia que se dá a divisão do Plano Diretor de Palmas nas regiões: nordeste, sudeste, sudoeste e noroeste.

Além do Memorial Coluna Prestes, a Praça dos Girassóis também conta com diversos outros monumentos, tais como: o monumento dos 18 do Forte; o monumento da Súplica dos Pioneiros; uma cascata; dois pórticos de entrada, um no lado Leste e outro no Oeste, tendo ao centro o Palácio Araguaia, com sua arquitetura modernista, valorizando os seus arcos e o Brasão do Estado do Tocantins, na fachada norte do palácio; um cruzeiro feito à base de pau-brasil onde foi celebrada a primeira missa de Palmas, tendo sido o primeiro monumento construído na cidade; um relógio de sol; a praça Krahô com o Monumento à Bíblia (marco do centro geodésico do Brasil), os símbolos indígenas desenhados no calçamento e a sua gigantesca rosa dos ventos; uma fonte luminosa; um parque infantil e uma praça de alimentação que abre durante a noite.

Galeria[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]