Prancha de temperamento

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Uma prancha de temperamento ou painel semântico é um tipo de cartaz de projeto que pode ser composto de imagens, texto e amostras de objetos em uma composição da escolha do criador do quadro de humor. Projetistas (designers) e outros profissionais utilizam as pranchas de temperamento para desenvolverem seus conceitos de design e para se comunicarem com outros membros do time de design. Ela também pode ser utilizada como um quadro de referência durante o processo de projeto em uma variedade de disciplinas abstratas, como por exemplo:

Usos[editar | editar código-fonte]

Pranchas de temperamento geralmente são utilizadas por designers gráficos para permitirem que uma pessoa possa ilustrar visualmente a direção do estilo ao qual ela está perseguindo. Contudo, também podem ser utilizadas para explicar visualmente um certo estilo de escrita ou um enredo. Em resumo, elas não são limitadas à temas visuais, mas servem como uma ferramenta visual para informar rapidamente aos outros do 'sentimento' (ou 'fluxo') global que um designer está tentando alcançar. A criação de pranchas de temperamento em forma digital pode ser mais fácil e rápida, mas objetos físicos geralmente tendem a imprimir um impacto maior nas pessoas devido ao conjunto de sensações físicas mais completas que a prancha oferece, em contraste com a prancha digital com impressões coloridas ou em prento e branco.

Christina Aguilera utiliza pranchas de temperamento para planejar seus álbuns. Stephen Webster, foi inspirado pela prancha de Christina Aguilera e criou sua linha de jóias a partir dele.