Preciosismo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O estilo literário denominado preciosismo (préciosité em francês) surgiu das vívidas conversações e dos alegres jogos de palavras das les précieuses, as espirituosas e bem-educadas damas que freqüentavam os salons da Marquesa de Rambouillet; a sua Chambre bleue (o "quarto azul" do seu hôtel particulier, o Hôtel de Rambouillet) oferecia um refúgio parisiense às perigosas intrigas políticas e às maneiras rudes da corte francesa durante a menoridade de Luís XIII. Uma das figuras centrais do salon, Madeleine de Scudéry, escreveu romances volumosos insuflados de elegância feminina, requintados escrúpulos de comportamento e amor platônico, que eram extremamente populares junto a uma grande audiência feminina, mas sofriam o desprezo da maioria dos homens. As "questões de amor" que eram debatidos nos salons das précieuses refletiam as "cortes de amor", característica do amor cortês medieval.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Howard, Patricia, "Quinault, Lully, and the Precieuses: Images of Women in Seventeenth-Century France." in Cecilia Reclaimed: Feminist Perspectives on Gender and Music ed. Susan C. Cook e Judy S. Tsou, editores, pp 70-89. Urbana: University of Illinois Press, 1994.
  • Maître, Myriam. Les Précieuses: naissance des femmes de lettres en France au XVIIe siècle (Paris:Champion) 1999

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre literatura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.