Predefinição:Não é erro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Ícone de documentação Documentação da predefinição[ver] [editar] [histórico] [purgar]

Esta predefinição pode ser usada para encapsular erros de digitação deliberados ou aparentes para para os por a salvo de correcções por robots ou wiki-editores automáticos. A sua finalidade é a de indicar as passagens que podem aparecer incorrectas para uma ferramenta automatizada, mas que na verdade estão correctas.

Quaisquer dos quatro nomes pode ser usado:

  1. {{Não é erro}} para itens que estão efectivamente correctos; por exemplo, "he put a little english on the ball", in which "english" is not capitalised.
  2. {{Typo}} para itens que estão deliberadamente incorrectos, ou porque estão a ilustrar uma situação, ou porque é uma citação directa (é melhor usar {{Sic}} em citações)
  3. {{Nome próprio}} para nomes, como Assumpção (não assunção) ou Benvindo (não bem-vindo).
  4. {{Como escrito}} para situações em que a ortografia não está deliberadamente incorrecta ou correcta; por exemplo, um título de um livro "Pardoe, Julia. The Life of Marie de Medici" pois Maria de Médici tem múltiplas formas de escrever.

Tome em atenção também:

  1. {{Lang}} para texto noutras línguas.
  2. {{Sic}}, que pode ser usado para marcar o texto, assim [sic], ou escondido.

Exemplos[editar | editar código-fonte]

  • The first known mention of a form of the word "billiards" appears in [[Edmund Spenser]]'s ''Mother Hubberd's Tale'' in 1591, where he speaks of "all thriftles games that may be found ... with dice, with cards, with {{Não é erro|balliards}}."
    → The first known mention of a form of the word "billiards" appears in Edmund Spenser's Mother Hubberd's Talein 1591, where he speaks of "all thriftles games that may be found ... with dice, with cards, with balliards."
  • H.C. Nielsen is credited in the film as the '''{{Como escrito|Jeweller's assistent}}'''-
    → H.C. Nielsen is credited in the film as the Jeweller's assistent.
  • * [http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u45631.shtml {{Nome próprio|Sophia de Mello}} Breyner deu vigor à poesia sobre o homem moderno, MANUEL DA COSTA PINTO]
    → * Sophia de Mello Breyner deu vigor à poesia sobre o homem moderno, MANUEL DA COSTA PINTO