Pressão intraocular

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Um paciente em frente de um tonômetro.

Pressão Intraocular é a pressão dentro do olho. Tonometria é o método usado por profissionais de oftalmologia para determinar a pressão intraocular. Esta medição é um importante aspecto na avaliação de pacientes com risco de glaucoma. A maioria dos tonômetros são calibrados para medir pressão em milímetros de mercúrio (mmHg).

Classificação[editar | editar código-fonte]

O consenso atual entre os oftalmologistas define a pressão intraocular normal entre 10 mmHg e 20 mmHg.[1] O valor médio da pressão intraocular é 15.5 mmHg, com as flutuações de cerca de 275 mmHg. A hipertensão ocular é definida por uma pressão intraocular, sendo maior do que o normal, na ausência de lesão do nervo óptico ou perda de campo visual.

A hipotonia, ou hipotonia ocular, é geralmente definida como a pressão intraocular, igual ou inferior a 5 mmHg. Baixa pressão intraocular como esta pode indicar a fuga de fluido e a deflação do globo ocular.

Medição[editar | editar código-fonte]

Pressão intraocular é medida com um tonômetro, como parte de um exame oftalmológico completo.

Os valores medidos de pressão intraocular são influenciados pela espessura da córnea e a rigidez.[2] [3] Como resultado, algumas formas de cirurgia refrativa (como ceratectomia fotorrefrativa) pode causar medições de pressão intraocular tradicionais para parecer normal, quando na verdade a pressão pode ser anormalmente alta.

Referências

  1. Kauffman, Paul; De Helito, Alfredo Salim. Saúde: entendendo as doenças (em ). 1ª. ed. [S.l.]: NBL Editora, 2006. ISBN 8521313667. Visitado em 14 de dezembro de 2013.
  2. Grieshaber MC, Schoetzau A, Zawinka C, Flammer J, Orgul S. (Junho de 2007). "Effect of Central Corneal Thickness on Dynamic Contour Tonometry and Goldmann Applanation Tonometry in Primary Open-angle Glaucoma" (em inglês). Arch Ophthalmol 125 (6): 740–44. DOI:10.1001/archopht.125.6.740. PMID 17562982. Visitado em 14 de dezembro de 2013.
  3. Tanaka GH. (Abril de 1998). "Corneal pachymetry: a prerequisite for applanation tonometry?" (em inglês). Arch Ophthalmol 116 (4): 544–5. PMID 9565063. Visitado em 14 de dezembro de 2013.