Pretendente

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wiki letter w.svg
Por favor, melhore este artigo com base no artigo Pretender da wikipedia Inglesa, expandindo-o(a). Mais informações podem ser encontradas na página de discussão. Considere também a possibilidade de traduzir o texto das interwikis.
Emblem-scales.svg
A neutralidade desse artigo (ou seção) foi questionada, conforme razões apontadas na página de discussão. (desde 21 de janeiro de 2013)
Justifique o uso dessa marca na página de discussão e tente torná-lo mais imparcial.

Um pretendente é uma pessoa que afirma ter direito a uma posição de honra ou a uma classificação indisponíveis[carece de fontes?]. Na maioria das vezes se refere[carece de fontes?] a um antigo monarca, ou mesmo a seus descendentes, cujo trono é ocupado ou reivindicado por um rival, ou estará vago 1 . Segundo um ou outro autor que afirma que continuariam a existir, potencialmente, Tronos e candidatos a Monarcas em países que hoje são Repúblicas, o termo também poderia ser aplicado a ex-monarcas cujo trono já tivesse sido abolido, ou aos seus descendentes 2 3 . Mas tal sentido semântico do termo pretendente, o de aspirante a um trono abolido, não se encontra nos dicionários. Também a historiografia, em geral, não caracteriza um ex-monarca ou um seu descendente que reivindique a reinstituição da monarquia, num país em que a forma do Estado é a republicana, como um pretendente ao trono, pois num tal Estado essa instituição política, como é evidente, não existe.

Apesar de "requerente" às vezes ser preferível, o termo em si não é pejorativo . O significado primeiro da palavra em Inglês pretend, tal como o da palavra francesa prétendre (do Latim praetendo, prae + tendo, literalmente, "estender diante", que comportava ainda os significados de cobrir, pôr diante, interpor, e de pôr à frente como pretexto, alegar, pretextar, invocar (como pretexto ou escusa) 4 ) seria o de "apresentar, professar ou reivindicar". Isso antecedeu, no decurso do século XIV, o uso mais comum desde então e até hoje de pretend em inglês, que é a alegação de falsidade (fingir) 5 , o seu segundo sentido original, pois já era próprio do termo latino.

O termo "pretendente" não se aplicava apenas aos requerentes com direitos sem dúvida genuínos a um trono (como os vários pretendentes da Guerra das Rosas), que consideravam o monarca de facto como um usurpador, mas também para impostores com alegações totalmente fabricadas (como pretendentes ao trono de Henrique VII, Lambert Simnel e Warbeck Perkin). As pessoas na última categoria muitas vezes assumem as identidades de realeza do falecido ou ausente, e às vezes são chamadas, por a clareza destas expressões, como falsos pretendentes ou impostores de reis. Um pretendente do Papa é chamado de[carece de fontes?] Antipapa.6

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. António de Morais Silva, Novo dicionário Compacto da Língua Portuguesa, Porto: Editorial Confluência, L.da, 1961, p. 1903
  2. Valynseele, Joseph. Les Prétendants aux trônes d'Europe. Paris, 1967, p. 11 (French).
  3. Curley, Jr., Walter J.P. Monarchs-in-Waiting. New York, 1973, pp. 4-6, 10. ISBN 0-396-06840-5.
  4. Cassell's Latin Dictionary, ed. Marchant & Charles; Dicionário de Latim-português, ed. Porto Editora, L.da, pp. 892, 908 e 1133.
  5. http://michaelis.uol.com.br/moderno/ingles/index.php?lingua=ingles-portugues&palavra=pretender
  6. Veja, por exemplo, o uso do termo revisionista em Antipapa Cristóvão.
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.