Prevenção primária

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Prevenção primária é o conjunto de ações que visam evitar a doença na população, removendo os fatores causais, ou seja, visam a diminuição da incidência da doença. Tem por objetivo a promoção de saúde e proteção específica.

São exemplos a vacinação, o tratamento de água para consumo humano, a educação sobre os problemas decorrentes da postura inadequeda, as ações para prevenir a infecção por HIV (como ações de educação para a saúde e/ou distribuição gratuita de preservativos, ou de seringas descartáveis aos toxicodependentes). O texto que aqui estava tinha conteúdo errado, pois descrevia a ação de uma única profissão com conteúdo superficial e exemplificava com um contexto de prevenção secundária e não primária!

Formas de prevenção[1] Ponto de vista do médico
Doença
ausência presença
Ponto de vista
do paciente
Enfermidade ausência Prevenção primária
(enfermidade ausência
doença ausência)
Prevenção secundária
(enfermidade ausência
doença presença)
presença Prevenção quaternária
(enfermidade presença
doença ausência)
Prevenção terciária
(enfermidade presença
doença presença)

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Kuehlein T, Sghedoni D, Visentin G, Gérvas J, Jamoule M. Prevenção quaternária, uma tarefa do clínico geral. PrimaryCare. 2010; 10(18):350-4.

Ver também[editar | editar código-fonte]