Primeira Guerra Civil de Sula

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde julho de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Primeira Guerra Civil de Sula
Parte da(o) Guerras civis romanas
Sulla Glyptothek Munich 309.jpg
Busto de Lúcio Cornélio Sula, na Gliptoteca de Munique
Data 88 a.C.-87 a.C.
Local Península Itálica
Desfecho Vitória de Sula
Mudanças
territoriais
Nenhuma
Principais líderes
Lúcio Cornélio Sula
Lúculo
Caio Mário

A Guerra Civil de Sula ou Primeira Guerra Civil da República Romana foi o primeiro dos grandes conflitos militares políticos da República Romana que ocorreram durante no século I a.C., levando a uma grande desestabilização da república e ao estabelecimento do Império Romano.

A guerra começou quando os líderes das facções senatoriais Optimates e Populares, Lúcio Cornélio Sula eCaio Mário, juntos, disputaram a honra de comandar a guerra contra Mitrídates VI, rei de Ponto, que havia invadido a província romana da Ásia e massacrado milhares de romanos.

No início, Sula havia conquistado o apoio do senado para comandar a guerra, mas a decisão do senado acabou com o apoio popular, entregando direto a decisão para a assembleia popular, que deu o comando para Caio Mário. Sula marchou sobre Roma com suas legiões, reentregando o comando para Caio Mário e reembolsando o custo. De volta a Roma, o senado declarou Mário inimigo da República.