Primeira Guerra Civil de Sula

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde julho de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Primeira Guerra Civil de Sula
Parte da(o) Guerras civis romanas
Sulla Glyptothek Munich 309.jpg
Busto de Lúcio Cornélio Sula, na Gliptoteca de Munique
Data 88 a.C.-87 a.C.
Local Península Itálica
Desfecho Vitória de Sula
Mudanças
territoriais
Nenhuma
Principais líderes
Lúcio Cornélio Sula
Lúculo
Caio Mário

A Guerra Civil de Sula ou Primeira Guerra Civil da República Romana foi o primeiro dos grandes conflitos militares políticos da República Romana que ocorreram durante no século I a.C., levando a uma grande desestabilização da república e ao estabelecimento do Império Romano.

A guerra começou quando os líderes das facções senatoriais Optimates e Populares, Lúcio Cornélio Sula eCaio Mário, juntos, disputaram a honra de comandar a guerra contra Mitrídates VI, rei de Ponto, que havia invadido a província romana da Ásia e massacrado milhares de romanos.

No início, Sula havia conquistado o apoio do senado para comandar a guerra, mas a decisão do senado acabou com o apoio popular, entregando direto a decisão para a assembleia popular, que deu o comando para Caio Mário. Sula marchou sobre Roma com suas legiões, reentregando o comando para Caio Mário e reembolsando o custo. De volta a Roma, o senado declarou Mário inimigo da República.