Primeira República das Filipinas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
República Filipina ou Republika ng Pilipinas
República das Filipinas

Estado não-reconhecido

Flag of Spain (1785-1873 and 1875-1931).svg
 
Flag of Spain (1785-1873 and 1875-1931).svg
 
Flag of the Tagalog people.svg
1899 – 1901 US flag 45 stars.svg
 
Katagalugan Republic Flag.svg

Bandeira de Filipinas

Bandeira

Hino nacional
Hino Nacional Filipina
Localização de Filipinas
Continente Ásia
Região Sudeste da Ásia
País Filipinas
Capital
Governo República parlamentar e constitucional
Presidente da República
 • 1898–1901 Emilio Aguinaldo
 • 1901-1902 Miguel Malvar (não oficial)
Presidente del Consejos de Gobierno
 • 1898–1899 Apolinario Mabini
Legislatura Asociación de representantes
Período histórico Revolução Filipina
 • 23 de Janeiro[Nota 1] de 1899 Fundação
 • 23 de Março de 1901 Dissolução

A República das Filipinas (em espanhol: República Filipina), mais comumente conhecida como a Primeira República Filipina ou República de Malolos foi um governo rebelde de curta duração nas Filipinas. Foi formalmente criado com a proclamação da Constituição de Malolos em 23 de janeiro de 1899 em Malolos, Bulacan,[Nota 1] e durou até a captura e entrega de Emilio Aguinaldo às forças estadunidenses em 23 de março de 1901 em Palanan, Isabela, que efetivamente dissolveu a Primeira República.

O estabelecimento da República das Filipinas foi o ponto culminante da Revolução Filipina contra o domínio espanhol. O Congresso de Malolos convocado em 15 de setembro, produziu a Constituição de Malolos.[1] Essa constituição foi proclamada em 22 de janeiro de 1899, transformando o governo no que é conhecido atualmente como Primeira República das Filipinas, com Aguinaldo como seu presidente .[2] Entretanto, em 10 de dezembro de 1898, o Tratado de Paris havia sido assinado, pondo fim a Guerra Hispano-Americana. O Artigo 3 º do tratado transferiu as Filipinas da Espanha para os Estados Unidos. [3]

A Guerra Filipino-Americana, posteriormente, seguiu-se. Aguinaldo foi capturado pelas forças dos EUA em 23 de março de 1901 e fez um juramento aceitando a autoridade dos Estados Unidos sobre as Filipinas e assumindo a sua lealdade ao governo americano. Em 19 de abril, ele emitiu uma proclamação de rendição formal aos Estados Unidos, dizendo aos seus seguidores para que deponham as armas e desistam da luta, terminando a Primeira República Filipina.[4] Posteriormente, os EUA continuaram a sua anexação das ilhas nos termos do Tratado de Paris .[3] [5] As Filipinas ficaram sob a soberania dos EUA até 1946, quando a independência formal foi concedida pelo Tratado de Manila.[6]

Referências

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. a b c A Constituição de Malolos foi aprovada pelo Congresso de Malolos em 20 de janeiro de 1899, sancionada por Aguinaldo em 21 de janeiro, e promulgada em 22 de janeiro (ver itens 27 e 27a em Guevara 1972). A república foi proclamada em 23 de Janeiro (ver itens 28, 28a e 28b em Guevara 1972).
  2. Fontes estão em desacordo sobre os locais específicos que foram temporariamente capitais da República das Filipinas; por exemplo: