Primus pilus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Primus pilus era o centurião da primeira centúria da primeira coorte de uma legião romana. Era a categoria máxima que um soldado raso podia atingir no exército romano posterior às reformas de Mário, para o qual devia permanecer em filas muito tempo, demonstrar valor e sensatez, e ser capaz de exercer adequadamente o liderado sobre os seus soldados, e servir como exemplo.

Sob as suas ordens encontravam-se todos os demais centuriões e soldados da legião e acima dele somente se encontravam o Legado de Legião - legatus legionis -, o tribuno laticlávio e o prefeito do acampamento. Pela sua experiência participava nas reuniões de estado maior.

O cargo de centurio primus pilus era exercido por apenas um ano, transcorrido o qual a maioria deles era licenciados e ingressavam na ordem equestre, como cavaleiros romanos, o que lhes dava direito a participarem na vida da comunidade urbana na que se instalassem e a aspirar ao cursus honorum dos equites romani, ou bem a assentar-se em Roma e assessorar diretamente o imperador e os seus generais. Contudo, uns poucos primipilares permaneciam no exército, quer na raríssima categoria de primus pilus bis, quer como prefeito do acampamento de uma legião.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • LE BOHEC, Y. El ejército romano: instrumento para la conquista de un imperio, Ed. Ariel, Barcelona, 2004, ISBN 84-344-6723-2 978-84-344-6723-1
  • GOLDSWORTHY, A. El ejército romano, Ed. Akal, Madrid 2005, ISBN 84-460-2234-6, 978-84-460-2234-6
  • Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em espanhol, cujo título é «Primus pilus».