Princípio de Premack

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O princípio de Premack, enunciado por David Premak, é um princípio da psicologia e afirma que:

  • Atividades mais desejadas podem servir como reforçadores para atividades menos desejadas;
  • Reforçadores podem variar de um sujeito para outro;
  • Reforçadores podem depender de situações específicas.

Uma ação nova (N) é aprendida mais prontamente quando imediatamente seguida por uma ação antiga (O) que o indivíduo executa de livre vontade, de forma que a execução de O seja tornada contingente à execução de N.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • [Premak-65] D. Premak, ‘Reinforcement Theory’, Proceedings of Nebraska Symposium on Motivation, Lincoln: University of Nebraska Press, 1965.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]