Princípio de razão suficiente

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido. Ajude e colabore com a tradução.

O princípio de razão suficiente é um princípio filosófico segundo o qual tudo o que acontece tem uma razão suficiente para ser assim e não de outra forma, em outras palavras, tudo tem uma explicação suficiente. Exemplo: Para cada entidade X, se X existe, então há uma explicação suficiente do porquê X existe.[1]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Pruss, Alexander R.. The Principle of Sufficient Reason: A Reassessment. Cambridge: Cambridge University Press, 2006. Capítulo: Introdução. , ISBN 9780521859592