Princesa Real (Reino Unido)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Princesa Real
Insígnia de Ana, Princesa Real.
Prinsessa Anne.JPG
No cargo
Princesa Ana

desde 1987
Duração Vitalício
Inaugurado por Maria, Princesa Real
Criado em 1642

O título Princesa Real (em inglês Princess Royal) é a designação por vezes atribuída às filhas mais velhas, não-herdeiras da coroa, do monarca do Reino Unido.

Como o título é vitalício, uma outra princesa não pode receber tal título se a Princesa Real estiver viva. Por isso, a rainha Isabel II nunca deteve o título, já que sua tia, a Princesa Maria, só faleceu em 1965 e ela se tornou rainha em 1952.

O título foi criado porque Henriqueta Maria da França (1609-1669), filha de Henrique IV da França e rainha consorte de Carlos I, queria imitar o tradicional título dado à filha mais velha do rei da França, Madame Real. E que até então a filha mais velha do monarca inglês e escocês tinha diversos títulos diferentes como Lady ou apenas Princesa.

Até agora, sete princesas da monarquia britânica foram Princesas Reais. A atual é a princesa Ana, filha única de Isabel II.

Lista de Princesas Reais[editar | editar código-fonte]

Note-se que as datas correspondem a nascimento e morte, sendo a intermédia referente à atribuição do título:

  1. Maria (1631-1642-1660), filha de Carlos I
  2. Ana (1709-1737-1759), filha de Jorge II
  3. Carlota (1766-1828), filha de Jorge III
  4. Vitória (1840-1901), filha de Vitória
  5. Luísa (1867-1931), filha de Eduardo VII
  6. Maria (1897 - 1965), filha de Jorge V
  7. Ana (1950-), filha de Isabel II
Ícone de esboço Este artigo sobre títulos de nobreza é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.