PrivatBank

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
PrivatBank
PrivatBank-corporate-logo-latina
Slogan PrivatBank é o seu apoio!
Tipo A sociedade anónima pública
Indústria Banco
Fundação 1992
Sede Dnipropetrovsk, Ucrânia
Pessoas-chave Dubilet Alexander (Presidente do Conselho)
Empregados mais de 30 mil pessoas
Produtos Serviços financeiros
Lucro UAH 1,370 bilhões (para 2010)[1]
Página oficial www.privatbank.ua

A sociedade anónima pública "Banco Commercial "PrivatBank" (cirílico ucraniano: ПриватБанк) é um dos maiores bancos na Ucrânia, em número de clientes ativos, da carteira de crédito, dos impostos, pagos ao orçamento do Estado[2] .

A sede do PrivatBank é localizada em Dnepropetrovsk. Além disso, o PrivatBank é o único dos grandes bancos da Ucrânia com 100% do capital ucraniano.

No sistema do banco são empregados mais de 30 000 funcionários. Segundo o estudo do mercado bancário, realizado pela GfK Ucrânia, os serviços do PrivatBank são usufruídos por um terço dos clientes (33,2%) dos clientes totais voltados aos bancos, enquanto um quarto dos clientes (24,9%) teve uma ampla gama de serviços, e ele considera o seu banco principal o PrivatBank.

Na data de 1 de fevereiro de 2011, PrivatBank serviu 2,4 mln. de pensionistas na Ucrânia, 3,4 mln. de pessoas recebem salários com os cartões de PrivatBank, 1 mln. de estudantes recebem bolsas de estudo através do PrivatBank. Infra-estrutura do banco na Ucrânia consiste de 6.975 máquinas de dinheiro[3] , 2.228 terminais de auto-serviço[4] , 35 486 terminais POS, 3.202 agências e escritórios nas cidades e regiões do país[5] . Em média, durante um dia, 1,5 milhão de pessoas estão se voltando para PrivatBank para ser servido. A rede bancária internacional do PrivatBank inclui bancos-parceiros como os bancos MoskomPrivatBank (Federação Russa), AS PrivatBank (Letónia), AS PrivatBank (Portugal), Tao PrivatBank (Geórgia). Além disso, PrivatBank tem subsidiárias e escritórios de representação em 12 países, incluindo Itália, Chipre, Reino Unido e China.

História[editar | editar código-fonte]

O PrivatBank é um dos primeiros bancos comerciais privados estabelecidos na Ucrânia. A decisão de estabelecer o PrivatBank foi tomada numa reunião dos fundadores em 7 de fevereiro de 1992. Já o 19 de março de 1992, o Banco passou a inscrição estadual.

O PrivatBank começou seu trabalho em um escritório e apenas alguns computadores. O primeiro Presidente da Direcção foi Serhiy Tihipko[6] . Precisamente este Banco de Dnipropetrovsk foi o primeiro na Ucrânia que começou a implementar cartões plásticos e instalar caixas automáticos. Também o PrivatBank é a primeira instituição financeira na Ucrânia que recebeu o rating internacional.

Em 1996, tornou-se membro de pleno direito do sistema de pagamentos internacionais - Visa International e procedeu à emissão de cartões de plástico em grandes quantidades.

Já um ano depois, em 1997, o primeiro entre os bancos da Ucrânia, ele recebeu a conclusão de rating da agência de rating internacional "Thomson BankWatch" e tornou-se membro pleno do sistema de pagamento Europay.

Em 1998, o banco recebeu a conclusão do rating de crédito da agência internacional de rating Fitch IBCA. Em novembro de 1998, após um concurso público, o banco foi escolhido como o banco com um mandato para o serviço de pagamentos na Ucrânia da parte de Fundação Suíça para a assistência às vítimas do Holocausto.

Em 1999, o PrivatBank abre o departamento bancário internacional (International Banking Unit) em Chipre, e o ramo de PrivatBank na cidade de Nicósia foi a primeira agência bancária ucraniana ao estrangeiro.

Em 2000, o Banco foi incluído no número de bancos autorizados a realizar a compensação dos cidadãos ucranianos que sofreram da perseguição nazista durante a Segunda Guerra Mundial. Além disso, em 2000, o PrivatBank mudou a forma de propriedade – em 6 de julho, os fundadores do PrivatBank decidiram reorganizar o banco de sociedade de responsabilidade limitada em Sociedade anónima fechada. Como resultado, o 4 de setembro de 2000, foi gravado o primeiro Estatuto da Sociedade anónima fechada o Banco Commercial "PrivatBank".

Um evento significativo para o sistema bancário da Ucrânia foi o lançamento em 2001 do projecto "Privat24"[7] , que proporcionou a grande audiência dos clientes uma ampla oportunidade de gerir as suas contas através da Internet em tempo real, fazer pagamentos regulares, fazer transferências de fundos, etc.

Em fevereiro de 2002, o PrivatBank tem emitido o primeiro milhão de cartões de plástico. Em abril, o representante da PrivatBank foi eleito no Conselho de Administração da VISA CEMEA.

No ano seguinte, em 2003, o PrivatBank foi reconhecido o melhor banco em termos de atendimento ao cliente da Western Union. No mesmo ano, o Banco recebeu o "STP Excellence Award" do Deutsche Bank, o que confirma o nível elevado de profissionalismo nos pagamentos internacionais. O PrivatBank foi o primeiro banco ucraniano, que tem colocado euro-obrigações no mercado europeu, totalizando USD 100 milhões. Além disso, o PrivatBank foi o primeiro na Ucrânia que recebeu da parte de Standard & Poor's o rating 'B-'. A agência de rating internacional Fitch atribuiu ao "eurobonds" do PrivatBank o rating total de longo prazo 'B-'.

Com a decisão da Assembleia Geral de 30 de abril de 2009, as actividades do Banco são relatados em correspondência com a Lei da Ucrânia "Sobre a sociedade anônima". As alterações correspondentes foram feitos no Estatuto do Banco, que mudou o tipo de sociedade anónima, da privada à pública, e nome do banco foi alterado para a Sociedade anónima pública "Banco Commercial "PrivatBank". Estas alterações entraram em vigor o 21 de julho de 2009 (licença do Banco Nacional da Ucrânia n.º 22 de 29 de julho de 2009).

Em 2010, em comparação com o ano 2009, o PrivatBank aumentou o lucro líquido de 30% - até a UAH 1,370 bilhões[8] , os bens do banco para o período aumentaram de 32%, e a partir de 1 Janeiro de 2011 ascendeu até a UAH 113,437 bilhões, o crédito a clientes – de 36% até a UAH 101,855 bilhões, compromissos – de 34% até a UAH 101,557 bilhões, capital autorizado – de 13% até a UAH 8,860 bilhões, capital próprio – de 16% até a UAH 11,880 bilhões[9] .

A alta administração e o Conselho de Supervisão[editar | editar código-fonte]

A alta administração do PrivatBank[editar | editar código-fonte]

  • Oleksandr Dubilet – Presidente do Conselho do PrivatBank (ocupa o cargo desde 1997)
  • Yuriy Pikush – Geral-Vice-Presidente do Conselho do PrivatBank (desde 2004)
  • Nikolay Davydov – Primeiro Vice-Presidente do Conselho – Presidente do Conselho do MoskomPrivatBank
  • Mykyta Volkov – Primeiro Vice-Presidente do Conselho – Chefe da Direcção "Tecnologias da Informação" (desde 2004)
  • Tymur Novikov – Primeiro Vice-Presidente do Conselho do Banco (desde 2004)
  • Volodymyr Yatsenko – Primeiro Vice-Presidente do Conselho – Chefe-Geral do Serviço Sistemico aos Clientes Corporativos (desde 2004)
  • Oleksandr Vitiaz – Vice-Presidente do Conselho do PrivatBank – Chefe do Centro de Negócios Eletrónicos (desde 2002)
  • Oleg Gorokhovskiy – Vice-Presidente do Conselho – Chefe da Direcção "Cartões de Crédito" (desde 2004)
  • Tetiana Gurieva – Vice-Presidente do Conselho – Chefe de Serviço aos Clientes Empresariais (desde 2000)
  • Volodymyr Zavorotniy – Vice-Presidente do Conselho – Diretor da Direcção Geral Regional de Kyiv (desde 1997)
  • Yuriy Kandaurov – Vice-Presidente do Conselho – Chefe dos Serviços de Negócios aos Clientes Individuais (desde 2002)
  • Stanislav Kryzhanovskiy – Vice-Presidente do Conselho – Chefe de "Serviços de Segurança" (desde 2009)
  • Liubov Chmona – Vice-Presidente do Conselho – Chefe de Serviço de Orçamento para Clientes Industriais e Corporativos VIP (desde 2002)
  • Liudmyla Shmalchenko – Vice-Presidente do Conselho – Chefe da Tesouraria (desde 2005)

O Conselho de Supervisão[editar | editar código-fonte]

  • Hennadiy Boholubov – Presidente do Conselho de Supervisão
  • Ihor Kolomoyskiy – Membro do Conselho de Supervisão
  • Oleksiy Martynov – Membro do Conselho de Supervisão

Os acionistas[editar | editar código-fonte]

As ações da Sociedade anónima pública "Banco Commercial "PrivatBank" foram igualmente distribuídos entre 21 indivíduos (99,794% do número total de ações) e 5 pessoas jurídicas (0,206%). Com isso mais de 98% das ações são detidas por dois acionistas: Hennadiy Boholubov (23 773 384 ações ou 49,027% do total) e Ihor Kolomoyskiy (23 834 849 ações ou 49,154%).

Inovações[editar | editar código-fonte]

As tecnologias inovadoras nas operações diárias do PrivatBank são um dos instrumentos para o fortalecimento da sua posição de liderança no mercado financeiro ucraniano. Assim, os funcionários do PrivatBank utilizam tanto tecnologias comumente utilizadas como o Skype, Google Docs e Google Wave, quanto os seus próprios desenvolvimentos exclusivos, por exemplo, sistema de gerenciamento de documentos eletrônico ‘PrivatDoc’.

O PrivatBank foi o primeiro banco na Ucrânia para oferecer aos seus clientes um modo simplo do internet banking. Em 20 de Janeiro de 2011, o internet-bank "Privat24" tem incluído 773 890 usuários registrados.

Em 1 de Fevereiro de 2011 as tecnologias hoje amplamente utilizados, além de "Privat24", são o sistema Mobilebanking (que permite ao cliente gerenciar suas contas bancários de cartão e fazer os pagamentos através de um telemóvel com o código na SMS-mensagem ao servidor do banco); o LiqPAY (plataforma de pagamento, projetada por especialistas do PrivatBank, combinando tecnologia de Visa Money Transfer e as vantagens da internet e dos canais móveis); a tecnologia 3-D Secure (lançada pelo banco em 2010, oferece proteção contra a fraude).

Além disso, em agências bancárias foi introduzida a tecnologia única do troco eletrónico "sem moedas" que permite a transferência do troco para um cliente não em moedas, mas na forma de moeda eletrónica, para a sua conta de telefone celular ou na forma de voucher eletrônico.

Projetos sociais[editar | editar código-fonte]

Nas filiais do banco, são conduzidas as competições para pensionistas e crianças. Em 2008 foi formado o JuniorBank[10] , onde crianças e adolescentes aprenderam finanças. Em 2010, no âmbito do projecto "Criar com prazer!", em departamentos do banco foram organizados as galerias de exposições com obras criativas de pensionistas. Com a ajuda do projeto ‘Skype: Dia da Vitória’, os veteranos de muitas cidades e países foram capazes de encontrar os amigos e falar com eles. O projeto foi nomeado para o Concorso internacional ‘European Excellence Awards 2010’.

Em 2010, para conduzir acções de caridade, o PrivatBank estabeleceu um projeto especial de caridade "Para ajudar é muito fácil!"[11] , projetado para coletar doações para orfanatos.

Além disso, o banco oferece sua infra-estrutura ATM para angariação de fundos sem comissões para os fundos de caridade. Em janeiro de 2011, o PrivatBank dentro de 24 horas tem organizado a campanha de angariação de fundos sem comissões para ajudar as vítimas de explosão no aeroporto de Domodedovo (Moscou, Rússia; foram levantados UAH 105 mil somente na Ucrânia). Em outubro de 2010, ajudou as famílias daqueles que morreram no acidente de viação em Marganets (Região de Dnipropetrovsk, Ucrânia); levantados UAH 101 mil), em março de 2010, foram apoiados sofredores da explosão no metrô de Moscou (UAH 11 mil), e em junho-julho de 2008, foram ajudadas as vítimas da inundação na Ucrânia Ocidental (UAH 530 mil).

Em 2011 PrivatBank planeja lançar um novo projeto social "PrivatBank contra as drogas".

Prêmios do banco[editar | editar código-fonte]

1999-2002 – A revista Euromoney[12] tem reconhecido PrivatBank de ser o melhor banco na Ucrânia pelo mercado doméstico (o rating Awards for Excellence). 1999 – pela avaliação da revista "Global Finance"[13] , o PrivatBank está reconhecido como o melhor banco ucraniano por mercados emergentes. 1999, 2003-2004 – o Prêmio World `s Best Bank Awards, "Melhor Banco na Ucrânia". 2000, 2002 e 2010 – o PrivatBank o "Melhor Banco da Ucrânia", segundo a revista oficial do Reino Unido "The Banker"[14] (o rating do "Banco do Ano"). 2001-2009 – por oito anos consecutivos, a revista "Global" reconheceu o PrivatBank o melhor banco do mundo no rating "World's Best Foreign Exchange"[15] . 2003 – o PrivatBank o melhor banco em termos de qualidade de serviço reconhecido da Western Union em 2003. 2003 – o PrivatBank o melhor na Ucrânia, "World's Best Bank 2003" (o rating da revista "Global Finance"). 2004 – o PrivatBank foi chamado o "Melhor Banco de 2004" (rating global de operadores do mercado Forex pela revista Global Finance). 2005 – o rating do Best Emerging Market Banks, o título de "Melhor Banco na Ucrânia." 2007 – a sociedade MoneyGram Payment Systems, Inc. (EUA) deu o prêmio ao PrivatBank para o mais intenso desenvolvimento de uma rede de pontos de serviço (Certificate Excellence Awarded to PrivatBank for the fastest network development) 2009 – "Best local bank in Ukraine", a revista "EMEA Finance" reconheceu o PrivatBank o melhor banco na Ucrânia no rating "Best local bank 2009". 2010 - pelos resultados do ano, a revista The Banker reconheceu a tecnologia do Troco eletrônico do PrivatBank a melhor na nomeação Best Innovation in Cash and Treasury Technology no rating Innovation in Banking Technology Awards. 2010 – o PrivatBank confirmou o estatuto de líder absoluto do sistema bancário ucraniano em termos de confiança do cliente no projeto internacional "The World’s Most Reputable Companies"[16] .

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]