Prodrive

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Prodrive
Indústria Automobilismo
Fundação 1984
Sede Banbury, Inglaterra, Reino Unido
Página oficial www.prodrive.com

Prodrive Ltd. é um grupo de engenharia automotiva e automobilística sediado em Banbury, Oxfordshire, Inglaterra. Desenha, constrói e gerencia carros para empresas e equipes como Subaru e Aston Martin. Sua divisão de tecnologia automotiva baseado em Warwick provê projetos de automóveis e consultoria em engenharia para diversos fabricantes de carros.

A empresa é provavelmente mais conhecida por seu envolvimento no Campeonato Mundial de Rali com o Subaru World Rally Team. Além de sua vitória nas 24 horas de Le Mans em 2007 na categoria GT1 com um Aston Martin DBR9 (carro cujo fabricante é controlado por um consórcio liderado por David Richards, fundador da Prodrive).

Campeonato Mundial de Rali[editar | editar código-fonte]

Impreza WRC de Atkinson sendo preparado para o Rali do Chipre de 2006

Em 1990 a Prodrive começou uma longa e bem-sucedida parceria com a Subaru, formando a Subaru World Rally Team. A Prodrive ficou encarregada de gerenciar a operação de rali da fabricante japonesa, conquistando três títulos de pilotos e três de construtores. Iniciado com o Subaru Legacy, o programa alcançou um sucesso moderado no Campeonato Mundial de Rali (WRC) com os pilotos Colin McRae e Ari Vatanen. A primeira vitória da Subaru no WRC foi conquistada por McRae com o Legacy durante o Rali da Nova Zelândia de 1993. A mudança para o Subaru Impreza, menor e mais ágil, tornou a empresa conhecida nos ralis. McRae venceu o campeonato de pilotos em 1995, feito repetido pelo inglês Richard Burns em 2001 e pelo norueguês Petter Solberg em 2003.

As cores azul e amarelo fortemente associadas à Subaru em competições de rali é uma referência à época em que a equipe era patrocinada pela 555, uma marca de cigarros da British American Tobacco popular na Ásia. Essa relação foi de certa forma ressuscitada quando David Richards comandou a equipe British American Racing na Fórmula 1.

Fórmula 1[editar | editar código-fonte]

A Prodrive F1 Team seria a nova equipe de Fórmula 1 da Prodrive Ltd. que iria entrar na temporada 2009. A nova equipe teria David Richards como proprietário.

A McLaren, porém, não era a única escuderia apontada como possível matriz da Prodrive em 2008. O time de Flavio Briatore era o segundo nome da lista de possibilidades, portanto pode ser que tenha uma "Renault B".

Com a inesperada mudança, Gary Paffett, Bruno Spengler e Pedro de la Rosa deixam de ser candidatos às duas vagas da nova escuderia.

A Prodrive acabou por desistir de entrar na F1, devido ao Pacto de Concórdia, que vai ser assinado em 2010, não favorecer os objectivos de David Richards, e assim não iria entrar com uma equipe só para 2 anos na F1. A Prodrive poderá assumir a vaga da Renault F1 Team, já que a equipe francesa vai encerrar as suas atividades na categoria não só pela crise econômica mundial, mas pelos escândalos do Grande Prêmio de Cingapura de 2008 que levou a FIA a banir o ex-chefe de equipe Flavio Briatore

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons
Ícone de esboço Este artigo sobre Fórmula 1 é um esboço relacionado ao projeto sobre Fórmula 1. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.