Profecias (Bahá'í)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Esquema das Profecias Judáicas que supõe-se estar ligada ao cristianismo, islamismo e fé bahá'í, por Michael Sours

No livro Esplendor da Verdade, ´Abdu'l-Bahá expõe algumas interpretações da Bíblia como o capítulo 11 e 12 do Livro da Revelação. De forma breve, explica também interpretações do Profeta Daniel (Velho Testamento), na qual alude à vinda do Messias e a Segunda Vinda de Cristo através de profecias numéricas. Bahá'u'lláh aborda pela primeira vez o tema em Jóias dos Mistérios Divinos, em resposta a um buscador.

Profecias cumpridas pela Fé Bahá'í[editar | editar código-fonte]

Os Bahá'ís sustentam a idéia de que esta revelação Bahá'í é o cumprimento da promessa de todas as religiões do passado, e que a humanidade passou pelo estágio de amadurecimento, e agora atingiu a maturidade, devendo avançar para a unidade mundial. Algumas profecias, de acordo com os Bahá'ís, definem claramente a revelação do Báb e Bahá'u'lláh, outra apenas inferem a vinda do esperado "Educador Universal".

Em outros aspectos, os Bahá'ís acreditam que a revelação Gêmea (Báb e Bahá'u'lláh) iniciam um novo ciclo para a humanidade. Maomé afirmou ser o selo dos Profetas, por este motivo, muitos muçulmanos não aceitam a vinda de um novo Profeta, pois este seria o último. De fato, de acordo com os ensinamentos Bahá'ís, o "selo" representa o fim de um ciclo e início de outro. A era profética que começou de Adão, até Maomé acabou, e consiste, de acordo com os ensinamentos Bahá'ís, que todas as religiões do passado profetizaram este dia, incluindo Maomé.

do Judaísmo[editar | editar código-fonte]


do Cristianismo[editar | editar código-fonte]


do Islamismo[editar | editar código-fonte]


da Fé Babí[editar | editar código-fonte]

  • Brilharia o Sol de Bahá (Glória)
  • que "Aquele que Deus tornaria Manifesto", como se referia O Báb, surgiria em exatamente 19 anos.

de Outras religiões[editar | editar código-fonte]

Não há nenhuma profecia concreta que remeta à revelação de Bahá'u'lláh, no entanto, em muitas afirmações, acredita-se fazer uma alusão à vinda de Bahá'u'lláh. No Budismo, Gautama relata: "Não sou o primeiro Buda que existe, nem serei o último. No tempo devido outro Buda levantar-se-á no mundo, um Santo, Um supremamente iluminado... um incomparável Líder dos homens... Ele vos revelará as mesmas verdades eternas que vos ensinei."

Sri Krishna, o Mensageiro do Hinduísmo no Bhagavad Gita, faz previsão da vinda de um Grande Educador Mundial, de todo modo, no mesmo livro, confirma o mesmo que Buda na passagem acima: "Sabei, Ó Príncipe, sempre que o mundo declina em virtude e justiça; e o vício e a injustiça sobem ao trono, então venho Eu, o Senhor, e revisito o mundo em forma visível, e Me misturo como um homem no meio dos homens e por minha influência e ensinamento destruo o mal e a injustiça e restabeleço a virtude e a justiça. Muitas vezes assim Eu apareci e muitas vezes voltarei. (Bhagavad Gita 4:7-8)"

De acordo com os ensinamentos Bahá'ís, a revelação Bahá'í encerrou um ciclo espiritual de 6.000 anos (ver Ciclos Universais) que é definido como Ciclo Adâmico, e iniciou outro ciclo, que é maior e cuja duração está prevista para 500.000 anos, cumprindo profecias reveladas por Zoroastro.

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Lawrence Oliphant refere-se a ele em seu livro (The Chosen Highway) sobre Israel: "Essa ilha (jardim), que tem cerca de 200 metros de comprimento por 100 de largura, está toda coberta de canteiros de flores e plantada com arbustos ornamentais e com árvores frutíferas. Chegando-se a ela de surpresa é como ver uma cena de um conto de fadas."
  2. Sears, William - Ladrão na Noite, pág 161
  3. Sears William, Ladrão na Noite, p. 104
  4. op.cit.
  5. Blomfield, The Chosen Highway
  6. Haifa, Oliphant, p. 104-106
  7. Sear, William - Ladrão na Noite, p. 118
  8. William Sears, Ladrão na Noite, p. 148
  9. Spicer, Our Day in the Light of Prophecy
  10. Algumas Profecias Cumpridas pela Fé Bahá'í
  11. Bahá'u'lláh, Seleção dos Escritos de Bahá'u'lláh, pg 61
  12. Bahá'u'lláh, Seleção dos Escritos de Bahá'u'lláh, pg 45
  13. Bahá'u'lláh, Seleção dos Escritos de Bahá'u'lláh
  14. Nabil, Rompedores da Alvorada, p. 41

Referências[editar | editar código-fonte]

Bahá'u'lláh. Jóias dos Mistérios Divinos. 1 ed. [S.l.]: Editora Bahá'í do Brasil, 2003. 70 p. ISBN 8532000789
William Sears. Ladrão na Noite: O estranho caso do milênio esquecido.. 4 ed. [S.l.]: Editora Bahá'í do Brasil, 1998. 269 p. ISBN 8532000312 Michael Sours. As Profecias de Jesus. 1 ed. [S.l.]: Editora Planeta Paz, 1997. 223 p. ISBN 8575690100

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Algumas Profecias Cumpridas pela Fé Bahá'í
Profecias Bíblicas

Ícone de esboço Este artigo sobre Fé Bahá'í é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.