Programa Universidade para Todos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Programa Universidade para Todos (Prouni) é um programa do Governo Federal do Brasil criado com o objetivo conceder bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, em instituições privadas de ensino superior.[1] . Ele foi criado pela Lei nº 11.096, de 13 de janeiro de 2005[2] , quando Tarso Genro era Ministro da Educação.

Foi instituído em 2004, a partir do PL 3.582/2004 encaminhado ao Congresso Nacional. Até 2013, o Prouni permitiu o acesso ao ensino superior à 1,2 milhão de jovens, sendo que 1.116 IES particulares participam atualmente do programa, com uma média equivalente a uma bolsa para cada 10,7 alunos pagantes o que é significativo pois 74% das matrículas do ensino superior brasileiro estão nas faculdades particulares, correspondendo à 5,2 milhões de alunos.[3] [4]

Referências

  1. Conhecendo o PROUNI. Visitado em 25 de agosto de 2014.
  2. Lei nº11.096. Visitado em 25 de agosto de 2014.
  3. STF confirma legalidade do Programa Universidade para Todos ne10.uol.com.br. Visitado em 04/05/2012.
  4. Prof. Jacir J. Venturi (13/06/2014). Dez anos de Prouni Jornal Gazeta do Povo. Visitado em 03/07/2014.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.