Project 86

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2014).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Project 86
Informação geral
Origem Condado de Orange, Califórnia
País  Estados Unidos
Gênero(s) Hard rock
Post-hardcore
Nu metal
Rock cristão
White metal
Rapcore (anteriormente)
Período em atividade 1995–atualmente
Gravadora(s) Tooth & Nail Records
Página oficial www.Project86.com
Integrantes Andrew Schwab
Randy Torres
Steven Dail
Ex-integrantes Ethan Luck
Cory Edelman
Alex Albert
Jason Gerken

Project 86 é uma banda de metal alternativo dos Estados Unidos formada no Condado de Orange em 1996. A banda já dividiu o palco com bandas como P.O.D. e Blindside no Warrious Tour.

História[editar | editar código-fonte]

O primeiro trabalho realizado pela banda foi uma demo de três canções: "Rebuttal", "Run" e "Independence?", gravada em 1995. Três anos mais tarde gravam seu primeiro e homônimo álbum pela gravadora BEC Records, que foi bem aceito, vendendo trinta mil cópias. Esse álbum combina hip hop com hardcore, podendo ser considerado rapcore; isso coloca a banda no mesmo contexto de contemporâneas como Rage Against the Machine, Korn o Deftones.

Logo no ano 2000, já na gravadora Tooth and Nail Records, a banda grava o álbum favorito do vocalista Andrew Schwab. Drawing Black Lines, que vendeu cem mil cópias, com um estilo hardcore mais "clássico" e uma participação maior dos vocais de apoio.

Em 2002 chega Truthless Heroes pela Atlantic records (mesma gravadora de artistas cristãos como P.O.D. e Blindside). Produzido por Matt Hyde (Slayer e Monster Magnet) e masterizado por Sean Beavan (Marilyn Manson e Nine Inch Nails), o álbum é mais narrativo, com um formato de novela dramática, que inclusive inclui um quadro de comerciais. Musicalmente, Truthless Heroes é pesado, mas sensível em certa forma que seu antecessor, com influências de bandas dos anos 1980.

Em 2003 chega o esperado quarto álbum, Songs to Burn Your Bridges By, que flui primeiramente independente. No ano seguinte a banda assina um contrato com a Tooth and Nail Records e regrava o mesmo álbum remasterizado com novas canções e uma capa, muito mais simbólica que a anterior (de produção independente).

Em 2005 o Project 86 lança seu álbum ...And The Rest Will Follow, este CD foi muito esperado pois os fãs esperavam ver a continuação do Vídeo Clipe The Spy Hunter, pois ele iria ter uma continuação com este novo álbum.

Em 2007 se tem a noticia de que Alex Albert (baterista da banda) sai e vai para banda Crash Rickshaw, mas a banda não desiste e lança seu mais novo álbum "Rival Factions". Que em 2007 já faz uma tour da gravadora Tooth And Nail Records pelo Estados Unidos com outras bandas da mesma gravadora.

Estilo[editar | editar código-fonte]

Nos seus primeiros anos a banda tocava Rapcore com influencias do Hardcore, com o tempo foi intitulada de Post-Hardcore por ser um estilo alternativo ao Hardcore, e nos seus últimos CD's a banda mistura o Hardcore com o Hard Rock que pode se comparada a uma banda de Nu Metal.

Integrantes[editar | editar código-fonte]

Formação atual[editar | editar código-fonte]

Ex-integrantes[editar | editar código-fonte]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns[editar | editar código-fonte]

Singles[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Project 86
Andrew Schwab | Randy Torres | Steven Dail
Discografia
Project 86 | Drawing Black Lines | Truthless Heroes | Songs to Burn Your Bridges By | ...And The Rest Will Follow | Rival Factions
Videografia
Clipes: Pipe Dream | One-Armed Man | Caught in the Middle | Breakdown In 3/4 | The Spy Hunter | My Will Be A Dead Man | Evil (A Chorus of Resistance)