Projeto Bateman

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Projeto Bateman (em inglês: Bateman Manuscript Project) foi um grande esforço de coleta e compilação enciclopédica da teoria matemática das funções especiais. Resultou na publicação de cinco volumes de referência fundamentais, editados por Arthur Erdélyi.

A teoria das funções especiais foi uma atividade central do campo da matemática aplicada, da metade do século XIX até o advento dos computadores de alto desempenho. As propriedades intrincadas dos harmônicos esféricos, funções elípticas e outras classes de solução de problemas da física matemática, astronomia e ciências físicas em geral, não são fáceis de documentar completamentesem uma teoria que explique suas interrelações.

Harry Bateman, um conhecido matemático aplicado, empreendeu a tarefa um tanto quixotesca de tentar agrupar o conteúdo de uma tão vasta literatura. Na sua morte em 1946 seus manuscritos desde projeto ainda estavam "bagunçados". A publicação de uma versão editada proviria textos sobre funções especiais mais atuais que, por exemplo, o clássico Whittaker & Watson.[1]

Os volumes ficaram fora de catálogos durante muitos anos, e o copyright foi revertido para o Instituto de Tecnologia da Califórnia, que os renovou no início dadécada de 1980. A Dover Publications planejou uma reimpressão para publicação em 2007, mas isto não aconteceu. Em 2011 o Instituto de Tecnologia da Califórnia concedeu permissão para que os volumes fossem escaneados e disponibilizados ao público.

No projeto esteve envolvido também o matemático Wilhelm Magnus.

Referências

  1. E. T. Whittaker e G. N. Watson. A Course of Modern Analysis. Cambridge University Press; 4th edition (January 2, 1927). ISBN 0-521-091896

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]