Propaganda política (Brasil)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Evolution-tasks.png
Atenção: Este artigo sobre direito foi listado como um artigo com problemas.
Ajude-nos na evolução desse artigo solucionando os problemas apontados.
Flag of Brazil.svgGnome-globe.svg
Esta página ou seção está redigida sob uma perspectiva principalmente brasileira e pode não representar uma visão mundial do assunto.
Por favor aperfeiçoe este artigo ou discuta este caso na página de discussão.
Ícone de esboço Este artigo sobre direito é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Propaganda política, na acepção brasileira, é a utilização de meios de marketing, notadamente impressos, internet, televisão e rádio, para a divulgação de ideários político-partidários e para angariar votos.

Sendo o termo propaganda política um gênero cujas espécies são a propaganda eleitoral, a propaganda intrapartidária e a propaganda partidária.

Propaganda eleitoral[editar | editar código-fonte]

É a forma de captação de votos utilizada por partidos, coligações e candidatos, em época determinada em lei, visando à eleição em cargos eletivos.

Propaganda intrapartidária[editar | editar código-fonte]

É a realizada por filiado a partido político visando convencer correligionários , participantes de convenção para escolha dos candidatos, a escolher seu nome para concorrer a cargo eletivo, sendo vedada a participação da mídia.

Propaganda partidária[editar | editar código-fonte]

É a divulgação genérica e exclusiva do programa e da proposta política do partido, sem menção a nomes de candidatos, visando angariar adeptos ao partido político.