Propina (português brasileiro)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

No Brasil, propina é o dinheiro obtido ou fornecido de forma ilícita, como suborno em atos de corrupção, originado no Brasil. principalmente pelo superfaturamento em obras públicas exercido por políticos que por alguma razão tem influência na administração de empreiteiras contratadas por esses administradores e/ou gestores governamentais. O fato é antigo no Brasil e remonta à chamada Velha República ou também chamada de República Velha, de 1889 (depois do período militar de intervenção) a 24 de outubro de 1930 (Marcha do Exército de Getúlio Vargas).

Alguns livros de História do Brasil dão culpa a essa prática aos movimentos sociais de revolta popular para intervenção federal como foi o do governo Getúlio Vargas, de 1930 a 1945 (Constituição de 1946), a chamada Revolução (pelos simpatizantes) ou "Golpe-dos-Atos-Institucionais, no período de 1964 a 1984" (preparação para a saída dos militares, implementada por João Figueiredo em 1985) e à atualissima intervenção (Constitucional Cidadã), do Poder Judiciário no Distrito Federal, Unidade-Federada do Brasil, que teve seu início saneador iníciado em outubro de 2009, pelas tropas da Polícia Civil e Federal e demais agentes e órgãos de segurança, informãtica e informações (órgãos formadores do Estado de Direito e soberania nacional, do Brasil).

O bom administrador principalmente o público deveria se espelhar na máxima conhecida de que, ...-"Os soldados (sem distinção, de raso a general e/ou almirante), são organizados, de acordo com a sua terra natal; para manter a coesão interna de uma e sua unidade administrativa; sendo a autoridade delegada à líderes locais, que já tenham uma posição de destaque e gozem de verdadeira confiança, aos olhos de sua gente" (de Sun Tzu, general-almirante e imperador chinês do século 50, antes da encarnação de Cristo, ou AC), foi o que unificou a China, juntamente com a Grande Muralha da China, frente ao poderoso exército mongol de Ali Kan, "... - onde se dizia, ...que quando passava, as ervas demoravam cinco anos para voltar a florecer".

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre política, partidos políticos ou um político é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.