Protestos na Praça da Paz Celestial em 1976

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde abril de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Os Protestos de Tian'anmen em 1976, também conhecidos como Incidente em Tian'anmen, aconteceram em 5 de abril de 1976, na Praça da Paz Celestial, em Pequim, na China. Foi um protesto contra a repressão do regime chinês próximo ao final da Revolução Cultural.

A morte do premiê Zhou Enlai, em 8 de janeiro de 1976, incitou o protesto. Zhou Enlai era um líder antigo chinês altamente respeitado e, durante muitos anos antes de sua morte, esteve envolvido em lutas pelo poder político com outros líderes da alta cúpula do Partido Comunista da China. Seus antagonistas mais visíveis e poderosos eram os que formavam o Camarilha dos Quatro. A líder do grupo, Jiang Qing, fora casada com Mao Tsé-tung. Para prevenir uma explosão de manifestações populares em razão da morte do líder, o partido limitou o período de luto público, sendo que a bandeira nacional foi colocada a meio-pau por apenas uma hora.

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.