Prussianos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes (desde setembro de 2014). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Os prussianos foram um povo báltico que habitava na área em torno das lagunas da Curlândia e do Vístula (no que é hoje o norte da Polônia), na região dos lagos Mazúrios.

No princípio da história báltica, os prussianos estendiam-se entre os rios Vístula e o Niemen, indo até o Narew, ao sul. Os germanos encontravam-se a oeste, os polacos ao sul, os sudóvios a leste, os escalvianos a norte, os curlândios a nordeste e os lituanos a noroeste.

No século XIII, os prussianos, pagãos, foram paulatinamente submetidos pela Ordem Teutônica, convidada pelo duque polonês Conrado de Mazóvia a cristianizar e pacificar a região além-Vístula. Aos cavaleiros foi assegurada a posse das terras a serem conquistadas, garantia obtida do Papa Gregório IX em 1234. Ao avanço dos cavaleiros teutônicos no território ocupado pelos prussianos seguiu-se um processo de colonização por alemães provenientes do oeste da Germânia. Em fins do século XIII, o que restava dos prussianos estava sujeito aos alemães.

Antes do término do século XVII, a língua prussiana se havia extinguido. A cultura dos prussianos foi germanizada (ou polonizada, a depender da parte da Prússia que habitavam).