Psicofísica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Psicofísica, é a área da ciência que estuda as relações entre as sensações subjetivas e os estímulos físicos e estabelece relações quantitativas entre eles. Dentre os mais famosos estudiosos dessa área estão os psicólogos Wilhelm Wundt e Gustav Theodor Fechner e o fisiólogo Ernst Heinrich Weber que estebeleceram diversas leis que levam seus nomes.

A Lei de Weber-Fechner diz que quanto mais intenso um estímulo maior a diferença necessária para que seja percebida uma diferença entre eles. Ou seja, para estímulos pequenos uma pequena diferença é suficiente enquanto para estímulos grandes é necessário uma grande variação para que tenha diferença nas sensações associadas. Fechner acrescentou que essa mudança segue uma constante. Dentre termos importantes em psicofísica estão o de limiar absoluto, que é o mínimo de um estímulo que causa uma sensação, e o de limiar diferencial ou diferença no limiar do observável que é a diferença mínima entre dois estímulos para que seja discriminada alguma diferença entre eles.1

A psicofísica tem diferentes ramos, um deles é a psicoacústica.

Referências

  1. SS Stevens, SS Stevens, G Stevens (1986) Psychophysics: Introduction to its perceptual, neural, and social prospects. books.google.com Disponível em: http://books.google.com.br/books?hl=pt-BR&lr=&id=r5JOHlXX8bgC&oi=fnd&pg=PR13&dq=psychophysics&ots=4lgUH4VOfF&sig=ipSEmCaaPbRFiE255k5oMdjEvpE#v=onepage&q&f=false
Ícone de esboço Este artigo sobre psicologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.