Pterygotus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Como ler uma caixa taxonómicaPterygotus
Ocorrência: Siluriano
Acutiramus cummingsi.jpg

Estado de conservação
Pré-histórica
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Arthropoda
Subfilo: Chelicerata
Classe: Merostomata
Ordem: Eurypterida
Família: Pterygotidae
Género: Pterygotus
Espécies
P. anglicus

P. atlanticus
P. buffaloensis
P. carmani
P. cobbi
P. macrophthalmus
P. rhenanius

Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Pterygotus

O pterygotus era um artrópode da ordem dos euriptéridos, também conhecidos como escorpiões marinhos, que viveu no Siluriano, entre 440 e 410 milhões de anos atrás. O Pterygotus já foi considerado o maior dos escopião marinhos, podendo crescer até ultrapassar o tamanho de um homem, porém em 2007 foi encontrado um fóssil de Jaekelopterus rhenaniae, no sudoeste da Alemanha que, acretida-se, media mais de 2,5 metros de comprimento, portanto ainda maior que o maior Pterygotus.

Antes dos peixes se tornarem os donos dos mares, os escorpiões marinhos foram os predadores dominantes. O Pterygotus, assim como outros escorpiões-marinhos, podia caminhar em terra, pois tinha um tipo de pulmão primitivo. Alimentava-se de peixes. Apesar de serem conhecidos como "escorpiões do mar", os euriptéridos não tinham um ferrão no final da cauda, sendo que esta era usada apenas para impulsionar o animal enquanto nadava, com movimentos horizontais (como fazem as atuais baleias). Como seus parentes terrestres, tinha duas pinças, parecidas com as dos caranguejos de hoje em dia, que usava para dominar suas presas. Usava o quinto par de pernas, que era modificado, como uma espécie de estabilizadores enquanto nadava.

Desenho da reconstiruição de Pterygotus anglicus.