Punção de Genebra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Punção de Genebra (em francês: Poinçon de Genève) é uma marca/selo de contraste usado pela horologia do cantão de Genebra afim de certificar a qualidade e origem dos relojoeiros, e instaurado pelo Grande Conselho da República e Cantão de Genebra.

Durante os séculos XVIII e XIX, Genebra tinha conseguido tomar um lugar preponderante na indústria relojoeira e o nome da cidade gravado no movimento do relógio fazia como de assinatura. No entanto os falsificantes também o faziam e a Sociedade dos Relojoeiros fundada em 1873 adoptou um controlo facultativo dos relógios que deu origem ao Poinçon de Genève.

Forma[editar | editar código-fonte]

A imagem é formada a partir da do brasão do cantão de Genebra e com a palavra GENEVE por baixo, o todo em cor dourada.

Autorizados[editar | editar código-fonte]

Actualmente os relojoeiros autorizados a usar a Punção de Genebra são: Cartier, Chopard, Roger Dubuis e Vacheron Constantin.

Renovação[editar | editar código-fonte]

Para festejar os 125 anos de existência, o Poinçon de Genève ofereceu-se uma cura de rejuvenescimento que consistiu na actualização dos doze critérios necessários ás exigências da Sociedade dos Relojoeiros. A modernização inclui a inspiração dos mestres relojoeiros antigos com a projecção para o futuro [1] .

Notas

Referências

  1. Le Temps:Poinçon de Genève (em francês) Visitado:Fev. 2014