Quarto livro dos Macabeus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Quarto Livro dos Macabeus é uma homilia ou discurso filosófico elogiando a supremacia da razão sobre a paixão piedosa. Não está na Bíblia da maioria das igrejas, mas é um apêndice na Bíblia da Igreja Ortodoxa.

Conteúdo[editar | editar código-fonte]

O autor acredita na imortalidade da alma, mas nunca menciona a ressurreição dos mortos.[1] As boas almas diz viver para sempre em felicidade com os patriarcas e Deus, mas até as almas do mal são consideradas imortais. O sofrimento e o martírio dos macabeus é visto pelo autor para ser delegada para a nação judaica, o autor retrata o martírio em geral, trazendo para a expiação dos pecados do passado dos judeus.[2]

Referências

  1. A Bíblia Access (Oxford University Press, 1999), Apocrypha 330
  2. História de opiniões sobre a doutrina bíblica do castigo, Edward Beecher, D. Appleton & Company, 1878 (original), Publicações Tentmaker, 2000, ISBN 0548231117