Quase-cristal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Modelo atómico de um quase-cristal Ag-Al

Um quase-cristal[1] ou quasicristal[2] é um sólido com um espectro de difração essencialmente discreto, como os cristais clássicos, mas com uma estrutura não periódica.

Descobertos em 1982, os quase-cristais colocaram fim a uma especulação que durava há dois séculos, restringindo a noção de ordem à da periodicidade. Em 1992, a União Internacional de Cristalografia mudou a definição de cristal para englobar a de quase-cristal, não mantendo que o critério de difração não seja discreto.

Aplicações[editar | editar código-fonte]

  • Desenvolvimento de aços inoxidáveis resistentes;
  • isolantes elétricos e térmicos;[3]

Referências

  1. PADILHA, Angelo Fernando. Materiais de engenharia. [S.l]: Hermus. 2007. p. 73
  2. QUASICRISTAL. Dicionário Houaiss de Física. Rio de Janeiro: Editora Objetiva, 2005, p. 189
  3. [1]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Química é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.