Que Sera, Sera (Whatever Will Be, Will Be)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Que Sera, Sera (Whatever Will Be, Will Be)"
Canção de Doris Day
Lançamento 1956
Gravação por muitos artistas
Letrista(s) Ray Evans
Composição Jay Livingston

Que Sera, Sera (Whatever Will Be, Will Be) (em português O Que Será, Será)[1] é uma música popular escrita pela equipe de escritores Jay Livingston e Ray Evans, lançada em 1956.

A canção foi apresentada no filme de 1956 The Man Who Knew Too Much[2] , com Doris Day e James Stewart nos papéis principais. A música fez tanto sucesso no dia de sua gravação para a Columbia Records nos Estados Unidos que ficou na 2ª posição no Billboard magazine charts e no Reino Unido. De 1968 a 1973, foi a música tema da série de comédia A Doris Day Show, tornado - se sua canção assinada.

Chegou à revista Billboard em julho de 1956. No mesmo ano recebeu o Oscar de Melhor Canção Original com o título alternativo "Whatever Will Be, Will Be (Que Sera, Que Sera)". Foi o terceiro Oscar dessa categoria para Livington e Evans, que já haviam ganho em 1948 e 1950.

Na série de televisão, "Eu, a Patroa e as Crianças" Jay Kyle canta esta música no casamento de seu filho, Júnior, com Vanessa. No Brasil, o episódio teve a canção traduzida e adaptada sem que a letra fosse alterada.

No filme "Mary e Max: Uma amizade diferente" lançado em 2009, a música está inserida no SoundTrack e creditada no fim do filme.

Referências