Quicksand (canção de David Bowie)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Quicksand"
Canção de David Bowie
do álbum Hunky Dory
Lançamento 17 de dezembro, 1971
Gravação Trident Studios, Londres Abril de 1971
Gênero(s) Rock
Duração 5:03
Gravadora(s) RCA
Composição David Bowie
Produção Ken Scott, David Bowie
Faixas de Hunky Dory
Último
Último
"Kooks"
(5)
"Fill Your Heart"
(7)
Próximo
Próximo

Quicksand é uma canção escrita por David Bowie para o álbum Hunky Dory de 1971. O produtor Ken Scott havia então cuidado da engenharia do álbum All Things Must Pass de George Harrison, e tentou criar um som acústico poderoso e parecido nesta faixa.[1]

Tal qual as outras faixas do disco, e como o álbum anterior, The Man Who Sold the World, "Quicksand" é baseada no Budismo, em ocultismo, e no conceito de Super Homem proposto por Friedrich Nietzsche.[2] A letra da canção também cita a seita secreta Golden Dawn, Aleister Crowley, um de seus mais famosos membros, Heinrich Himmler, Winston Churchill e Juan Pujol (apelido: Garbo).[3]

Os editores da NME Roy Carr e Charles Shaar Murray já a descreveram como uma representação do humor "mais negro e metafísico de Bowie",[2] enquanto uma resenha contemporânea à canção, escrita na Rolling Stone, destacava seu "vocal soberbo" e seu "belo tema de guitarra".[4]

Regravações[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. David Buckley (1999). Strange Fascination - David Bowie: The Definitive Story: p.115
  2. a b Roy Carr & Charles Shaar Murray (1981). Bowie: An Illustrated Record: p.41
  3. David Sheppard (2007). "Wishful Beginnings", MOJO 60 Years of Bowie: p.24
  4. John Mendelsohn. (6 January 1972). "Hunky Dory". Rolling Stone. Rolling Stone. [ligação inativa]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Pegg, Nicholas, The Complete David Bowie, Reynolds & Hearn Ltd, 2000, ISBN 1-903111-14-5