Quitanda

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Quitanda é um tipo de mercearia que vende frutas, verduras, legumes, ovos, carvão etc.[1] Sua descrição básica são as pequenas mercearias mantidas pelos imigrantes portugueses no Brasil. O termo também se refere, no Brasil, ao conjunto de doces, bolos e biscoitos feitos em casa.[2] "Quitanda" também pode se referir a uma barraca de feira.[carece de fontes?]

Etimologia[editar | editar código-fonte]

"Quitanda" é proveniente do termo quimbundo kitanda, que significa "feira, venda".[3]

Interior de uma quitanda em Stroud, na Inglaterra

Referências

  1. Verbetes.com.br - Quitanda
  2. Lima, Cláudia. Tachos e panelas: historiografia da alimentação brasileira. Recife: Ed. da autora, 1999. 2ª Ed. 310p. ISBN 8590103218
  3. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 1 439.