Quo Vadis (1925)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Quo Vadis
Quo Vadis
 Itália
1925 • pb • 90 min 
Direção Gabriellino D'Annunzio
Georg Jacoby
Roteiro Gabriellino D'Annunzio
Georg Jacoby
Elenco Emil Jannings
Alfons Fryland
Lillian Hall-Davis
Género drama épico
Idioma filme mudo
Página no IMDb (em inglês)

Quo Vadis é um filme épico italiano de 1925, baseado no romance homônimo de Henryk Sienkiewicz e ambientado na Roma Antiga.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O grande sucesso da produção italiana de 1912, dirigida por Enrico Guazzoni, animou os cineastas europeus a realizarem uma nova versão cinematográfica do clássico romance de Henryk Sienkiewicz, "Quo Vadis". Só que, dessa vez, embora sendo produzida na Itália, e dirigida pelo italiano, Gabriellino D'Annunzio, a iniciativa coube aos alemães, que elaboraram o projeto e financiaram a produção.

Por conta disso, um alemão, Georg Jacoby, foi agregado como co-diretor, e vários atores germânicos integraram o elenco, inclusive o grande astro, Emil Jannings, escolhido para viver o papel de Nero. Concluído em 1924, o filme foi lançado no início de 1925.

Embora ainda sem som, esperava-se que a nova versão fosse em tudo superior (sobretudo tecnicamente) a de 1912. Mas não foi isso o que aconteceu. Problemas de vários tipos ocorridos durante as filmagens, o custo financeiro elevado da produção (que obrigou a vários cortes no projeto original) e a precária definição da fotografia, comprometeram, irremediavelmente, sua qualidade.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]