Qutuz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Qutuz
13º Sultão do Egito
Governo
Reinado 125924 de outubro de 1260
Antecessor Al-Mansur Ali
Sucessor Baibars
Dinastia Mamelucos Bahri
Vida
Nascimento  ?
Morte 24 de outubro de 1260

Saif ad-Din Qutuz também chamado de Kutus (morreu em 24 de outubro de 1260) foi um sultão do Egito de 1259 até sua morte.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Pouco se sabe sobre este homem, que pelo que se pode apurar era um líder demasiado conservador e que pouca dinâmica trouxe ao seu Império. Acabou por ser assassinado, pelo seu general Baybars, durante uma caçada. Segundo consta, o general gozava de uma reputação muito grande dentro do Império e estava a tornar-se demasiado perigoso, para que Qutuz, conseguísse impor a sua autoridade.

Esta relação pior ficou quando Baybars pediu ao sultão para ser nomeado governador da cidade de Alepo como recompensa, depois de ter vencido uma batalha contra os mongóis, embora a cidade ainda pertencesse ao Império Mongol. O sultão surpreendido rejeitou o pedido, por achar que isso daria um poder insustentável ao general, capaz de derrubar o próprio.

Mas o que ele não podia imaginar era que ao tomar essa decisão, contribuiu para a sua própria queda, pois Baybars furioso com tal posição, decidiu juntar aliados, tais como o general Kalawun, para depor e assassinar o velho Sultão.

Qutuz tentou como meio de salvaguardar o seu poder, mandar matar o poderoso general, mas acabou por morrer traído por grande parte dos restantes generais do exercito Mameluco, sendo esfaqueado pessoalmente por Baybars.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Qutuz
Nascimento:  ? Morte: 1260
Precedido por:
Al-Mansur Ali
Sultões do Egito
1259 – 1260
Sucedido por:
Baibars
Ícone de esboço Este artigo sobre Sultões é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.