Rá-Tim-Bum

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto.
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Rá-Tim-Bum
Rá-Tim-Bum logo.jpg
Informação geral
Formato Série
Gênero Educativo
Infantil
Duração 30 minutos
Estado Finalizado/Fora do ar
Criador(es) Flávio de Souza
País de origem  Brasil
Idioma original Português
Director(es) Cao Hamburger
Roteirista(s) Dionisio Jacob
Cláudia Dalla Verde
Anna Muylaert
Flávio de Souza
Tema de abertura Instrumental
Empresa(s) de produção TV Cultura
Fiesp
Exibição
Emissora de
televisão original
Brasil TV Cultura
Brasil TV Rá-Tim-Bum
Transmissão original 4 de agosto de 1990 - 26 de março de 1994
N.º de temporadas 2
Cronologia
Último
Último
Castelo Rá-Tim-Bum
Próximo
Próximo

Rá-Tim-Bum foi um programa infantil de grande sucesso produzido e exibido pela TV Cultura de 4 de agosto de 1990 a [1] 26 de março de 1994. O roteiro era escrito por uma equipe supervisionada por Flávio de Souza da qual faziam parte Cláudia Dalla Verde e Dionisio Jacob. Os atores veteranos Marcelo Tas e Carlos Moreno faziam parte do elenco. A Direção geral foi de Fernando Meirelles.

Com uma fórmula arrojada, com quadros livres, inovou a programação infantil, ainda presa de fórmulas estereotipadas. Ganhou vários prêmios, entre os quais a Medalha de Ouro no Festival de Nova York. O programa era dedicado a crianças em fase de pré-alfabetização, Rá-Tim-Bum ensinava de forma lúdica noções de higiene pessoal, ecologia, cidadania, Português e Matemática.

Foram um total de 192 episódios que foram reprisados durante muito tempo.

O nome[editar | editar código-fonte]

O nome pode ter sido inspirado no bordão usado para cantar o Parabéns a Você. Rá-tim-bum teria se originado do nome Timbum de um rajá indiano que teria visitado a Faculdade de Direito do Largo São Francisco[2]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Quadros[editar | editar código-fonte]

  • Senta que lá vem história
  • Fada Dalila
  • Euclides e Sílvia
  • Máscara
  • O jornal da criança
  • Zero e Zero Zero
  • Nina
  • Professor Tibúrcio
  • A Família Teodoro
  • Esfinge
  • Como se faz
  • Doutor Barbatana e as sereias da água doce
  • Professor Miguilim
  • Branca de neve e anões
  • Mímica
  • A velha a fiar
  • O pinguim pianista
  • Porquinhos que ensinam a tomar banho ou escovar os dentes
  • Bate Boca (trava-língua): Quarteto do Edgar
  • Acalanto
  • Palhaço(que aparece um spray com uma régua escrito palhaço)

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

  • Capa: Logotipo da série
  1. Rá-Tim-Bum (Abertura) - Boca Livre (tema de abertura)
  2. Acalanto - Caetano Veloso
  3. Preguiçosa - Joyce
  4. Bandeira do Brasil - Coro Infantil
  5. Eu Fui no Itororó - Coro Infantil
  6. Salabim - Maíra (tema da Fada Dalila)
  7. Bate-Boca - Quarteto Quatro por Quatro (tema do trava-língua)
  8. A Família - Zé Renato (tema da família)
  9. Minha Sereia - Edu Lobo (tema da sereia)
  10. Sete Cores - Jane Duboc
  11. A Refrescante Sensação - Coro (tema dos porquinhos no banheiro)
  12. Sexy Sylvia - Rosa Maria (tema de Sylvia)

Exibição[editar | editar código-fonte]

  • O programa foi exibido originalmente entre 1990 e 1992, foi reprisado várias vezes pela TV Cultura, a sua reprise mais recente foi em 2009. Na TV Rá-Tim-Bum era transmitido todos os dias às 22:30, atualmente está fora do ar.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre Televisão no Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.