Rádio Cidade FM (São Luís)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde abril de 2015). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Rádio Cidade FM
Rádio Cidade São Luís Ltda.
País  Brasil
Frequência(s) FM 99.1 MHz
Sede Bandeira de São Luís.svg São Luís, MA
Rua Deputado Raimundo Vieira da Silva, Parque do Bom Menino - Centro
Fundação 8 de setembro de 1983 (31 anos)
Fundador Raimundo Vieira da Silva
Pertence a Grupo Cidade de Comunicação
Proprietário Marco Antônio Vieira da Silva (50%)
Roberto Rocha (50%)
Antigo proprietário Raimundo Vieira da Silva (1983-2007)
Luiz Rocha (1985-2001)
Formato Emissora comercial
Faixa etária Todas as idades
Afiliações A Voz da Libertação
Idioma (português brasileiro)
Prefixo ZYC 622
Cobertura Grande Sâo Luís e áreas próximas
Potência 5 kW
RDS Não
Webcast Ouça ao vivo
Sítio oficial suacidadefm.com

Rádio Cidade FM é uma emissora de rádio brasileira sediada em São Luís, capital do estado do Maranhão. Opera no dial FM, na frequência 99.1 MHz, e está arrendada para a A Voz da Libertação. Pertence ao Grupo Cidade de Comunicação, de propriedade de Marco Antônio Vieira da Silva e Roberto Rocha, que disputam judicialmente o controle do grupo que também detém a TV Cidade e a Rádio Capital. Desde sua fundação, tinha uma programação de entretenimento e música, que por muitos anos foi líder de audiência em toda a cidade. No entanto, devido à uma crise no conglomerado, teve 100% da sua programação arrendada em 1º de março de 2015 para a Igreja Pentecostal Deus é Amor.

História[editar | editar código-fonte]

Independente (1983 à 2015)[editar | editar código-fonte]

A Rádio Cidade FM entrou no ar no dia 8 de setembro de 1983, no dia de aniversário de São Luís, que completava 371 anos da fundação e também no mesmo dia do surgimento da TV Cidade do mesmo grupo.

Desde que surgiu, a rádio passou ser vice-líder em vários horários, perdendo a rival Rádio Difusora FM, principalmente os programas de músicas românticas, populares, MPB local e nacional, incluindo reggae jamaicano (entre eles Bob Marley e Jimmy Cliff) e no Maranhão (o mais famoso é a Tribo de Jah).

Em 1996, conseguiu a façanha em tirar a então líder Rádio Difusora FM, graças às mudanças na programação, entre 1993 a 1995, com inspiração da programação e vinhetas da rádio do mesmo nome na cidade do Rio de Janeiro (hoje extinta).

Na época, a Rádio Cidade FM tinha programação semelhante à Difusora. Já a maior audiência está com o locutor Stênio Kavazaki, apresentador dos programas Cidade Nota 10 (segundas às sextas, do meio-dia às 14 horas) e Momentos de Amor (segundas às sextas das 17 até 19 horas) e Madrugada da Cidade (todos os dias, entre meia-noite até 6 da manhã). A emissora dá espaço aos musicais de reggae, entre 8 às 9 horas (Nat Reggae, em 1997), das 14 às 15 horas e 30 minutos (Reggae Point) e 20 até 22 horas (Cidade Reggae), muito popular entre negros maranhenses concentrados na ilha de São Luís e arredores. Nos sábados era entre 12-17hs.

Entre os populares, de segunda aos sábados, estão Bom Dia Cidade (das 6 às 9 horas; em 1997 passou até às 8), As Mais Mais da Cidade (com Silvana Lobato, das 9 até 12 horas, de segunda às sextas), Sucessos Nota 10, Disque Cidade (15hs30-17hs).

Também havia espaço à música jovem, como o hits e balanço do Hot Mix (22-24hs, de segunda às sextas), do DJ Claudinho Polarini, que posteriormente passa apresentar em Brasil e até exterior. Aos sábados era entre 19-21hs e domingos entre 17-19hs. Aos domingos, era Pagode na Cidade (das 14 até 17 horas), sem nenhum locutor. Nos finais de semana, havia espaço para música sertaneja, nos sábados 21-24hs e nos domingos entre 19-24hs.

Depois de 1998, com a popularização do forró (até então, os ritmos eram sertanejo e axé, principalmente a concorrência da Rádio São Luís FM) e as novas rádios surgindo, a Cidade passa a mudar programação pra não perder audiência.

Atualmente, a Rádio Cidade FM já não tem mais o auge que tinha nos Anos 90, chegando a perder audiência quando há programas de reggae e ritmos não apreciados pelos ouvintes.

A Voz da Libertação (desde 2015)[editar | editar código-fonte]

Em fevereiro de 2015, saem notas na imprensa de que a emissora teve sua programação totalmente arrendada para a Igreja Pentecostal Deus é Amor, devido a crise financeira que se instaurou no Grupo Cidade de Comunicação.[1] No decorrer do mês, vários programas da emissora foram sendo extintos, e sendo substituídos por programações musicais. Ao mesmo tempo, vários profissionais como produtores e locutores iam sendo dispensados. A emissora levou sua programação normal ao ar pela última vez em 28 de fevereiro, e em 1º de março, passou a retransmitir a programação d'A Voz da Libertação, rede de rádios evangélica pertencente a Igreja Pentecostal Deus é Amor, e encerrando uma história tradicional de quase 32 anos no rádio maranhense.

Referências

  1. Almeida, Pedro de (05-02-2015). A Rádio Cidade FM fecha as portas Pedrodealmeida.com. Visitado em 01-04-2015.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Rádio é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.