Régnier III de Hainaut

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Régnier III de Hainaut
Conde de Hainaut
Escudo do Brasão de Armas do Condado de Hainaut
Nome completo
Régnier III de Hainaut
Pai Reginar II de Hainaut
Mãe Adelaide de Borgonha
Nascimento c. 920
Morte 973

Régnier III de Hainaut (c. 920 - 973) foi Conde de Hainaut entre 940 e 958. Ele nasceu em Brabant como o filho de Reginar II de Hainaut, Conde de Hainaut. Junto com seu irmão Rudolfo, conde em Maasgau e em Haspengau, tomou parte na rebelião do seu tio Gilberto de Lotaringia (c. 885 - Batalha de Andernach, 2 de outubro de 939), duque da Lorena. Quando Gilbert morreu em 939, Régnier teve de jurar fidelidade a Otão I, Sacro Imperador Romano-Germânico.

Tentou ainda revoltar-se aliando-se ao rei Luís IV de França, não tendo no entanto sucesso visto que o rei Otto enviou duque Hermann da Suábia para reprimir a rebelião que terminou em 944[1] [2] [3] .

Relações familiares[editar | editar código-fonte]

Foi filho de Reginar II de Hainaut (890 - 932), Conde de Hainaut e de Adelaide de Borgonha. Casou com Adela, de quem teve:

  1. Lamberto I de Lovaina (950 - Florennes, 12 de setembro de 1015), foi conde de Lovaina de 988 a 1015 e conde de Bruxelas de 994 a 1015 Casou com Gerberga da Baixa Lorena, condessa de Bruxelas, filha de Carlos da Baixa Lotaríngia (953 - 12 de junho de 991) e de Inês de Vermandois (c. 960 -?), filha de Herberto de Vermandois (? - 993)
  2. Rainier IV de Hainaut (c. 950-1013)

Referências

  1. Flodoard von Reims, Annales, chronica et historiae aevi Saxonici, hrsg. von Georg Heinrich Pertz in MGH SS 3 (1839), S. 390
  2. Gesta episcoporum Cameracensium, hrsg. von Ludwig Conrad Bethmann in MGH SS 7 (1846), S. 439
  3. L. Vanderkindere, «Régnier III», Académie royale de Belgique, Biographie nationale, vol. 18, p. 875-879