Raúl Rivero

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Raúl Ramón Rivero Castañeda (nasceu em 1945, em Morón) é um jornalista, ativista político e um dos maiores poetas cubanos.

Em 1995, fundou a agência de notícias Cuba Press, incentivando a prática do jornalismo independente em seu país. Por sua oposição a Fidel Castro, foi preso em março de 2003 com mais 27 colegas, no ato conhecido como Primavera Negra, e condenado a 20 anos de reclusão em um julgamento sumário. Foi libertado em novembro de 2004 depois de forte pressão internacional.

Recebeu da Unesco o Prêmio Guillermo Caño de Liberdade de Imprensa. Atualmente vive exilado em Madrid.

No Brasil, seu único livro publicado é Provas de contato, pela Editora Barcarolla, em 2006.


Ícone de esboço Este artigo sobre a biografia de um(a) escritor(a), poeta ou poetisa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.