Raúl Zurita

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Raúl Zurita
Raúl Zurita, 2013
Nacionalidade Chile chilena
Ocupação escritor
Prêmios Prêmio Nacional de Literatura do Chile

Raúl Zurita (Santiago do Chile, 10 de janeiro de 1950) é um poeta chileno.

Sua obra é marcada pela ditadura militar imposta por Augusto Pinochet. Militante comunista, foi detido, encarcerado e torturado. A partir daí, realizou diversas ações artísticas que pretendiam integrar e ampliar de forma crítica e criativa as diferentes concepções de arte e vida. Realizou variadas ações utilizando seu corpo como meio de expressão, chegando a autolesão e automutilação. Terminada esta etapa, o poeta começou a se afastar Partido Comunista.

Zurita foi professor de literatura na Universidade do Estado da Califórnia e, atualmente, leciona na Universidade Diego Portales.

Sus livros foram traduzidos para o inglês, alemão, sueco, grego, árabe, italiano e russo.

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Raúl Zurita ganhou o Prêmio Nacional de Literatura do Chile em 2000.[1]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Raúl Zurita
Ícone de esboço Este artigo sobre a biografia de um(a) escritor(a), poeta ou poetisa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.