Radikal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Radikal
Periodicidade diário
Formato tabloide
Diretor Eyüp Can Sağlık
Fundação 13 de outubro de 1996 (17 anos)
Orientação política esquerda liberal,[1] centro-esquerda
Idioma turco
Sede  Turquia, Istambul
Circulação 62 000 (2011)[2]
Página oficial www.radikal.com.tr

O Radikal é um jornal diário da Turquia sediado em Istambul. É publicado desde 1996 pelo Doğan Media Group,[nt 1] um dos gigantes dos media turcos, que detém, entre outros, vários canais de televisão e de rádio e os jornais Hurriyet e Milliyet.

Ao contrário de outros diários da Turquia, o Radikal não aparenta apoiar nenhum partido político porque o líder e fundador do grupo proprietário do jornal, Aydın Doğan, quer manter boas relações com quem quer que esteja no poder.[carece de fontes?] Apesar disso, é geralmente considerado como sendo de centro-esquerda ou esquerda liberal,[1] [nt 1] que se demarca do seu concorrente Cumhuriyet, de matriz kemalista, por um formato gráfico menos austero, por vezes pela abordagem de assuntos mais frívolos (desporto, mexericos, etc.) e uma sensibilidade mais liberal. Mostra-se um defensor combativo da liberdade de imprensa e dos costumes e é partidário da integração na União Europeia.[nt 2]

É apreciado pelas suas secções de cultura, artes e entrevistas, bem como alguns dos seus colunistas, como M. Serdar Kuzuloğlu, Hakkı Devrim, Yıldırım Türker, Türker Alkan, Altan Öymen e Nuray Mert. Hasan Celal Güzel, antigo Ministro da Educação, Murat Yetkin e Mustafa Akyol (filho de Taha Akyol) também escrevem para o Radikal.[nt 1]

Em 2007 Orhan Pamuk (Prémio Nobel da Literatura em 2006) e Sezen Aksu (uma cantora, alcunhada de "rainha da pop turca") foram editores-chefes temporários do Radikal em 9 e 14 de janeiro, respetivamente.[nt 1]

Apesar da sua posição em termos de circulação oscilar entre o 18º e 34º lugar entre os jornais turcos (c. 62 000 exemplares em 2011, embora já tenha tido tiragens superiores a 90 000 no final de 2010), tem uma grande influência sobre a opinião pública.[carece de fontes?][nt 1]

Notas

  1. a b c d e A maior parte do texto foi inicialmente baseado no artigo «Radikal» na Wikipédia em inglês (acessado nesta versão).
  2. Artigo «Radikal (journal turc)» na Wikipédia em francês (acessado nesta versão).

Referências

  1. a b Eyüp Can: Özgürlükçü sol olacağız (em turco) www.ntvmsnbc.com. NTV MSNBC (13 de outubro de 2010). Página visitada em 7 de julho de 2011.
  2. Gazete net satişlari (em turco) www.medyatava.net. (4 de julho de 2011). Página visitada em 6 de julho de 2011.


Ícone de esboço Este artigo sobre a Turquia é um esboço relacionado ao Projeto Europa e ao Projeto Ásia. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre meios de comunicação ou jornalismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.