Radomir Antić

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Radomir Antić
Радомир Антић
Radomir Antić.jpg
Informações pessoais
Nome completo Radomir Antić
Data de nasc. 22 de novembro de 1948 (66 anos)
Local de nasc. Žitište, Iugoslávia
Nacionalidade Sérvia sérvio
Informações profissionais
Clube atual Sem Clube
Posição Treinador (ex-Zagueiro)
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1967–1968
1968–1977
1977–1978
1978–1980
1980–1984
Jugoslávia Sloboda Užice
Jugoslávia Partizan
Turquia Fenerbahçe
Espanha Zaragoza
Inglaterra Luton Town
Seleção nacional
1973 Flag of SFR Yugoslavia.svg Iugoslávia
Times que treinou
1985–1987
1987–1988
1988–1990
1991–1992
1992–1995
1995–1998
1999
2000
2000–2001
2003
2004
2008–2010
2012-2013
Jugoslávia Partizan (assistente)
Jugoslávia Partizan (Juniores)
Espanha Zaragoza
Espanha Real Madrid
Espanha Oviedo
Espanha Atlético de Madrid
Espanha Atlético de Madrid
Espanha Atlético de Madrid
Espanha Oviedo
Espanha Barcelona
Espanha Celta de Vigo
Bandeira da Sérvia Sérvia
República Popular da China Shandong Luneng[1]

Radomir Antić - em sérvio, Радомир Антић (Žitište, 22 de novembro de 1948) é um ex-futebolista e atualmente treinador sérvio que atuava como zagueiro.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Antić jogou por dezessete anos, entre 1967 e 1984, oito deles dedicados ao Partizan. Mas só em seu último ano no time de Belgrado, 1976, pôde saborear a conquista do campeonato iugoslavo. Dali passou dois anos na Turquia, jogando no Fenerbahçe, onde foi campeão turco em 1978. Pela Seleção Iugoslava, fizera em 1973 sua única partida.

Após a conquista, foi contratado pelo Real Zaragoza, time espanhol treinado por seu compatriota Vujadin Boškov. Foi um dos primeiros iugoslavos a atuar no Reino Unido, sendo contratado pela equipe inglesa do Luton Town em 1980. O defensor se aposentadoria no Luton em 1984, um ano após ser herói do time na luta contra o rebaixamento à segunda divisão: o gol salvador foi marcado por ele no final de um confronto direto contra o Manchester City, que acabou sendo o rebaixado.

Antić começou a carreira de técnico em 1988, em seu ex-clube do Real Zaragoza. Três anos depois, era técnico do Real Madrid. Para o Real trouxe seu compatriota Robert Prosinečki e o jovem Luis Enrique. Acabou saindo em 1992, sem títulos. Passou os três anos seguintes em seu terceiro Real, o de Oviedo, até voltar à capital espanhola, desta vez como técnico do rival Atlético de Madrid.

Nos colchoneros teve sucesso imediato: em sua primeira temporada, o clube conquistou a Copa do Rei e o campeonato espanhol - até hoje, a última edição da Liga vencida pelo Atlético. Com moral, trouxe para o clube contratações de sucesso como Christian Vieri, Diego Simeone e Juninho. Teria também sondado com Ronaldo antes do Fenômeno assinar com o Barcelona.

Antić foi despedido ao final da temporada 1997/98, tendo ainda curtas passagens em 1999 e 2000. Nesta, os rojiblancos acabaram rebaixados. Antić voltou ao Real Oviedo e chegou a ser técnico do Barcelona em 2003: isso fez dele o primeiro e único treinador a comandar os três grandes clubes do país. Ele também já era um dos dois únicos a ter comandado os rivais Real e Atlético.

Em 2008, quatro anos após sua última experiência como técnico, no Celta de Vigo[2] , foi chamado para treinar a Seleção Sérvia[3] .

Em 2013 foi substituído pelo técnico brasileiro Cuca no comando do Shandong Luneng.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Como jogador[editar | editar código-fonte]

Partizan

Como treinador[editar | editar código-fonte]

Partizan
Atlético de Madrid

Referências

  1. 20minutos México. Radomir Antic, nuevo entrenador del Shandong Luneng chino (em espanhol). Visitado em 15/12/2013.
  2. UOL (29/03/2004). Técnico Radomir Antic pede demissão no Celta de Vigo 16h57. Visitado em 15/12/2013.
  3. Trivela (19/08/2010). Radomir Antic é mantido como técnico da Sérvia. Visitado em 15/12/2013.