Rafael (arcanjo)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde dezembro de 2009)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
São Rafael Arcanjo
São Rafael Arcanjo
Arcanjo
Veneração por Toda a cristandade e islamismo
Principal templo St. Raphael's Cathedral em Dubuque, Iowa
Festa litúrgica 29 de setembro
Atribuições anjo segurando um vasilhame ou frasco; anjo caminhando com Tobias; arcanjo; rapaz carregando um peixe; rapaz com cajado
Padroeiro Jovens; cegos; enfermidades; médicos; farmacêuticos; Iowa; anjos; amor; apaixonados; insanos; deficientes mentais; Washington; pastoras e viajantes
Gloriole.svg Portal dos Santos
Arcanjos Ortodoxos
Conselho Angelical (Ангелскй Собор). Ícone ortodoxo representando os sete arcanjos tradicionais da Ortodoxia.

Arcanjo Miguel
Arcanjo Gabriel
Arcanjo Rafael
Arcanjo Uriel
Arcanjo Jegudiel
Arcanjo Salatiel
Arcanjo Jeremiel
Arcanjo Baraquiel
Arcanjo Andriel

Rafael (do hebraico רָפָאֵל, transl. Rāp̄āʾēl, "Deus cura"; em árabe: رافائيل; transl. Rāfāʾīl; amárico: ሩፋዔል, transl. Rāfāʾīl), o fato de Rafael ser considerado o portador da cura Divina, fornece indícios de que ele seja o responsável pela transição do corpo e espírito, a cura divina também pode ser entendida como a morte, ou seja Rafael é o Anjo da Morte. Rafael também conhecido como São Rafael Arcanjo, é o nome de um arcanjo comum às religiões judaica, cristã e islâmica, responsável por executar todos os tipos de cura. Enviado por Deus para curar em Seu Nome, Rafael significa "Deus cura" em hebraico; a palavra correspondente a médico é Rophe. O Cristianismo, ao "derivar" do Judaísmo, também desenvolveu algumas concepções próprias da hierarquia dos angelicais e atribuições dos angelicais e o mesmo aconteceu no islamismo. Rafael é o ceifador, anunciador do fim dos tempos, do Juízo Final. Alguns estudiosos afirmam que o Arcanjo Rafael foi enviado ao Egito durante a Páscoa. Seria ele o enviado por Deus para assassinar certos primogênitos do Egito durante a cominação das pragas egípcias. Por esta razão ele é tido como o Anjo da Morte. O Arcanjo Rafael também teria duelado contra Samyaza a mando de Deus.[1]

Oração[editar | editar código-fonte]

Glorioso Arcanjo São Rafael, que vos dignastes tomar a aparência de um simples viajante, para vos fazer o protetor do jovem Tobias; ensinai-nos a viver sobrenaturalmente, elevando sem cessar nossas almas, acima das coisas terrestres.

Vinde em nosso socorro no momento das tentações e ajudai-nos a afastar de nossas almas e de nossos trabalhos todas as influências do Inferno.

Ensinai-nos a viver neste espírito de fé, que sabe reconhecer a misericórdia Divina em todas as provações, e as utilizar para a salvação de nossas almas.

Obtende-nos a graça que vos peço <<faça o pedido>>, de inteira conformidade à vontade Divina, seja que ela nos conceda a cura dos nossos males, ou que recuse o que lhe pedimos.

São Rafael, guia protetor e companheiro de Tobias, dirigi-nos no caminho da salvação, preservai-nos de todo perigo e conduzi-nos ao Céu. Assim seja. <<Reze um Pai Nosso, uma Ave Maria e faça o sinal da Santa Cruz>> [2]

Judaico-cristãs[editar | editar código-fonte]

Na Bíblia, o Arcanjo Rafael é citado no Antigo Testamento, no Livro de Tobias (presente somente no cânon católico). No capítulo 5, versículo 4 (Tb 5,4) há o início das aparições de Rafael ao jovem Tobias: "(…)Tendo saído, deparou-se-he o anjo Rafael, sem demonstrar, todavia, ser um anjo de Deus".[3] Já no capítulo 6, versículo 3 (Tb 6,3), vê-se porque imagem esculpida pelos católicos mostra o arcanjo segurando um peixe.[4] Eis que o grande peixe que tentou devorar Tobias e que o anjo lhe ordenou que o dominasse para tirar-lhe o fel, o qual, é indicado que é usado pelo arcanjo para curar o pai de Tobias devolvendo-lhe a visão. (Tb 6,11)[5]

No capítulo 12, Rafael se dá a conhecer, se apresentando como anjo (arcanjo) de Deus (Tb 12,15) "Eu sou Rafael, um dos sete santos anjos que assistem e têm acesso à majestade do Senhor".[6]

Não é mencionado no Novo Testamento, mas a tradição o identifica como o anjo que agitava as águas em João 5,4. Rafael também é figura proeminente nos costumes do Judaísmo. Ele é um dos três angelicais que visitaram Abraão antes da devastação física de Sodoma e Gomorra.[7]

Sua festa é celebrada no dia 29 de setembro, junto com a do Arcanjo Gabriel e a do Arcanjo Miguel.

No passado era celebrado, "sozinho", no dia 24 de outubro.

Islâmicas[editar | editar código-fonte]

Israfil não é nomeado no Qur'an (Corão) diferentemente de Jibrail (Gabriel) e Mikail (Miguel). De acordo com a Hadith(الحديث), Israfil (árabe Rafael) é o anjo responsável por sinalizar a vinda do Juízo Final soprando a corneta (chamada Sûr) e enviando o "Sopro da Verdade". A Sûr será soprada duas vezes: da primeira virá o início do Juízo Final; da segunda, todas as almas serão chamadas a julgamento e interrogadas.

Traduções[editar | editar código-fonte]

  • catalão: Arcàngel Rafael
  • alemão: der Erzengel Raphael
  • grego: Αρχάγγελος Ραφαήλ
  • inglês: Raphael, the archangel
  • esperanto: Rafael
  • espanhol: Arcángel Rafael
  • francês: l'Archange Raphaël
  • hebraico:רפאל מלאך
  • italiano: Arcangelo Raffaele
  • japonês: ラファエル
  • coreano: 대천사 라파엘
  • russo: Архангел Рафаил

Referências

  1. Primeiro Livro de Enoque.
  2. Oração Ao Arcanjo São Rafael.
  3. Antigo Testamento. Livro de Tobias. Capítulo 5, versículo 4.
  4. Antigo Testamento. Livro de Tobias. Capítulo 6, versículo 3.
  5. Antigo Testamento. Livro de Tobias. Capítulo 6, versículo 11.
  6. Antigo Testamento. Livro de Tobias. Capítulo 12, versículo 15.
  7. Novo Testamento. Evangelho de João. Capítulo 5, versículo 2.

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Rafael (arcanjo)