Rafael dos Anjos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde julho de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Rafael dos Anjos
Estatísticas
Altura 1,73 m
Peso 70 kg
Nacionalidade Brasil Brasileiro
Data de nascimento 26 de outubro de 1984 (29 anos)
Cidade natal Brasil Rio de Janeiro (RJ)
Modalidade Jiu-jitsu brasileiro, Muay thai
Equipe/associação Evolve MMA
Kings MMA
Faixa      Faixa Preta em BJJ
Cartel no MMA
Total 29
Vitórias 22
    Por nocaute 4
    Por finalização 8
    Por decisão 10
Derrotas 7
    Por nocaute 1
    Por finalização 1
    Por decisão 5
Rafael dos Anjos no Sherdog

Rafael dos Anjos Souza (Rio de Janeiro, 26 de outubro de 1984) é um lutador brasileiro de artes marciais mistas (MMA) que compete atualmente na categoria peso leve do Ultimate Fighting Championship (UFC) .

Carreira no MMA[editar | editar código-fonte]

Ultimate Fighting Championship[editar | editar código-fonte]

Rafael dos Anjos fez sua estreia no UFC 91 contra o contender Jeremy Stephens. A luta foi interrompida no terceiro round, com um uppercut que levou dos Anjos a nocaute. Stephens foi declarado vencedor por Nocaute Técnico.

Em sua segunda luta no UFC, enfrentou Tyson Griffin no UFC Fight Night 18. A luta foi uma batalha, demonstrando coração, habilidade e técnica para ambos os lutadores. Porém Griffin foi declarado vencedor por decisão unânime. A luta ganhou o prêmio de Luta da Noite.

Era esperado que Rafael enfrentasse Matt Wiman em 19 de setembro de 2009 no UFC 103, porém Wiman foi obrigado a se retirar devido a uma lesão e foi substituído por Rob Emerson. Rafael dos Anjos conseguiu uma importante vitória por decisão unânime.

Mais tarde no UFC Fight Night 20 venceu Kyle Bradley por decisão unânime.

No UFC 112 dos Anjos enfrentou Terry Etim por finalização. Sua performance rendeu o prêmio de Finalização da Noite.

Em 7 de Agosto de 2010 no UFC 117 dos Anjos enfrentou Clay Guida. Com um gancho, Guida feriu a mandíbula de dos Anjos, levando-o para a grade e pressionando a cabeça contra a jaula e finalizando no segundo round.

No UFC 132, em 2 de julho de 2011, dos Anjos nocauteou George Sotiropoulos após substituir Evan Dunham.

Em seguida, Rafael dos Anjos perdeu para Gleison Tibau no UFC 139 por decisão dividida.

Em 15 de maio de 2012, no UFC on Fuel TV: Korean Zombie vs. Poirier, dos Anjos enfrentou Kamal Shalorus. Depois de derrubar Shalorus com um chute na cabeça, dos Anjos finalizou com um mata-leão.

Depois de tomar praticamente nenhum dano na luta contra o Shalorus, dos Anjos voltou rapidamente para enfrentar Anthony Njokuani em 11 de julho de 2012 no UFC on Fuel TV: Muñoz vs. Weidman, substituindo o lesionado Paul Taylor. Ele venceu a luta por decisão unânime.

Rafael dos Anjos venceu Mark Bocek em 17 de novembro de 2012, no UFC 154, por decisão unânime.

No UFC on FX: Belfort vs. Rockhold, dos Anjos enfrentou Evan Dunham em 18 de maio de 2013. O lutador brasileiro venceu por decisão unânime

Ele conseguiu sua quinta vitória seguida contra Donald Cerrone em 28 de maio de 2013, no UFC Fight Night: Condit vs. Kampmann II, por decisão unânime.

Após a vitória sobre Cerrone, ele era esperado para enfrentar Rustam Khabilov em 22 de fevereiro de 2014 no UFC 170. Porém, uma lesão tirou Khabilov da luta, e dos Anjos foi movido para uma luta contra o também russo Khabib Nurmagomedov em 19 de abril de 2014 no UFC on Fox: Werdum vs. Browne. Rafael dos Anjos perdeu por decisão unânime, encerrando assim sua sequência de vitórias.

Rafael enfrentou o estreante na categoria Jason High em 7 de junho de 2014 no UFC Fight Night: Henderson vs. Khabilov. Rafael venceu por nocaute técnico no segundo round.

Rafael enfrentou o ex-Campeão Peso-Leve, Benson Henderson em 23 de agosto de 2014 no UFC Fight Night: Henderson vs. dos Anjos. Na luta, Rafael acertou uma joelhada voadora que derrubou Henderson, ele se levantou rapidamente e levou um soco que o deixou inconsciente, tornando Rafael vencedor por nocaute no primeiro round.

Ele agora enfrentará Nate Diaz em 13 de Dezembro de 2014 no UFC on Fox: dos Santos vs. Miocic.

Cartel no MMA[editar | editar código-fonte]

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Estados Unidos Nate Diaz UFC on Fox: dos Santos vs. Miocic 13/12/2014 Estados Unidos Phoenix, Arizona
Vitória 22-7 Estados Unidos Ben Henderson Nocaute (joelhada voadora e socos) UFC Fight Night: Henderson vs. dos Anjos 23/08/2014 1 2:31 Estados Unidos Tulsa, Oklahoma Performance da Noite.
Vitória 21-7 Estados Unidos Jason High Nocaute Técnico (socos) UFC Fight Night: Henderson vs. Khabilov 07/06/2014 2 3:36 Estados Unidos Albuquerque, New Mexico
Derrota 20-7 Rússia Khabib Nurmagomedov Decisão (unânime) UFC on Fox: Werdum vs. Browne 19/04/2014 3 5:00 Estados Unidos Orlando, Florida
Vitória 20-6 Estados Unidos Donald Cerrone Decisão (unânime) UFC Fight Night: Condit vs. Kampmann II 28/08/2013 3 5:00 Estados Unidos Indianapolis, Indiana
Vitória 19-6 Estados Unidos Evan Dunham Decisão (unânime) UFC on FX: Belfort vs. Rockhold 18/05/2013 3 5:00 Brasil Jaraguá do Sul, Santa Catarina
Vitória 18-6 Canadá Mark Bocek Decisão (unânime) UFC 154 17/11/2012 3 5:00 Canadá Montreal, Quebec
Vitória 17-6 Nigéria Anthony Njokuani Decisão (unânime) UFC on Fuel TV: Muñoz vs. Weidman 11/07/2012 3 5:00 Estados Unidos San Jose, California
Vitória 16-6 Irão Kamal Shalorus Finalização (mata-leão) UFC on Fuel TV: Korean Zombie vs. Poirier 15/05/2012 1 1:40 Estados Unidos Fairfax, Virgínia
Derrota 15-6 Brasil Gleison Tibau Decisão (dividida) UFC 139 19/11/2011 3 5:00 Estados Unidos San Jose, California
Vitória 15-5 Austrália George Sotiropoulos Nocaute (soco) UFC 132 02/07/2011 1 0:59 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Derrota 14-5 Estados Unidos Clay Guida Finalização (lesão no queixo) UFC 117 07/08/2010 3 1:51 Estados Unidos Oakland, California
Vitória 14-4 Inglaterra Terry Etim Finalização (chave de braço) UFC 112 10/04/2010 2 4:30 =Emirados Árabes Unidos Abu Dhabi Finalização da Noite
Vitória 13-4 Estados Unidos Kyle Bradley Decisão (unânime) UFC Fight Night: Maynard vs. Diaz 11/01/2010 3 5:00 Estados Unidos Fairfax, Virgínia
Vitória 12-4 Estados Unidos Rob Emerson Decisão (unânime) UFC 103 19/09/2009 3 5:00 Estados Unidos Dallas, Texas
Derrota 11-4 Estados Unidos Tyson Griffin Decisão (unânime) UFC Fight Night: Condit vs. Kampmann 01/04/2009 3 5:00 Estados Unidos Nashville, Tennessee Luta da Noite
Derrota 11-3 Estados Unidos Jeremy Stephens Nocaute (socos) UFC 91 15/11/2008 3 0:39 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Estreia no UFC
Vitória 11-2 Japão Takafumi Otsuka Decisão (dividida) Fury FC 6 - High Voltage 12/07/2008 3 5:00 Brasil Rio de Janeiro
Vitória 10-2 Japão Takaichi Hirayama Finalização (chave de braço) Pancrase - Shining 5 01/06/2008 1 1:25 Japão Tokyo
Vitória 9-2 Brasil Gabriel Veiga Decisão (unânime) Fury FC 5 - Final Conflict 06/12/2007 3 5:00 Brasil São Paulo
Vitória 8-2 Brasil Danilo Cherman Finalização (kimura) Fury FC 4 - High Voltage 04/08/2007 2 3:38 Brasil Teresopolis
Vitória 7-2 Brasil Mauricio Souza Finalização (mata-leão) XFC - Brazil 29/04/2007 1 6:24 Brasil Rio de Janeiro
Vitória 6-2 Brasil Thiago Minu Finalização (mata-leão) XFC - Brazil 29/04/2007 1 7:28 Brasil Rio de Janeiro
Vitória 5-2 Brasil Johil de Oliveira Finalização (mata-leão) Juiz de Fora - Fight 4 07/04/2007 1 2:50 Brasil Juiz de Fora
Vitória 4-2 Brasil Mateus Trindade Decisão (unânime) Shooto - Brazil 11 24/03/2007 3 5:00 Brasil Rio de Janeiro
Vitória 3-2 Brasil Diogo Oliveira Finalização (chave de braço) TFMMA - Top Fighter MMA 2 25/10/2006 2 N/A Brasil Rio de Janeiro
Derrota 2-2 Brasil Jorge Britto Decisão (dividida) Arena - BH Combat 04/06/2005 3 5:00 Brasil Brasil
Vitória 2-1 Brasil Felipe Arinelli TKO (corte) Juiz de Fora - Fight 2 26/04/2005 2 N/A Brasil Brasil
Vitória 1-1 Brasil Joao Paulo Decisão Arena - BH 09/10/2004 N/A N/A Brasil Minas Gerais
Derrota 0-1 Brasil Adriano Abu Decisão (dividida) Juiz de Fora - Fight 1 25/09/2004 3 5:00 Brasil Juiz de Fora