Raffaela Carrà

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Raffaella Carrà, 2008.

Raffaella Carrà (Bolonha, 18 de junho de 1943) é uma apresentadora de TV, atriz e cantora italiana. Seu nome verdadeiro é Raffaella Roberta Pelloni.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Raffaella Carrà nasceu em Bolonha, mas passou a infância em Bellaria-Igea Marina, província de Rimini. Aos 8 anos, deixou a comuna para Roma, onde fundou a Academia Nacional de Dança de Roma.

Ainda na infância, iniciou sua carreira com a participação em Tormento del Passato (1952). Em 1958 e 1959, volta a fazer pontas em filmes.

Em 1960, fez sua verdadeira estreia no cinema ao participar de La lunga notte del '43 e Il peccato degli anni verdi.

Na temporada 1969-1970 consegue sucesso televisivo com o espetáculo Io Agata e tu, no qual Carrà mostra-se precursora de um novo estilo de comandar programas de TV.

Nos anos 70, suas músicas fazem sucesso na Espanha, onde ganhou destaque na TVE.

Também na década de 70 começa uma saga por vários programas transmitidos aos sábados pela TV italiana: em 1978, apresenta na TV um programa de variedades chamado Ma che sera; em 1981, Millemilioni; e em 1982, Fantastico 3 com Gigi Sabani.

Entre 1983 e 1985 apresenta sozinha o vespertino Pronto, Raffaella?, programa que faria enorme sucesso e daria ela o prêmio de destaque feminino da tv europeia, concedido pela European TV Magazines Association.

Na década de 80, ainda apresenta Buonasera Raffaella e Domenica In. Em 1989, retorna a RAI e três anos mais tarde volta a trabalhar na Espanha, na TVE.

Em 1995, volta à Itália, dessa vez com o programa Carràmba! Che sorpresa, seu sucesso mais clamoroso, com alcance de 30% de share na TV italiana. Dois anos depois, atuaria como protagonista na minissérie Mamma per caso.

Em 2001, faz a apresentação da 51ª edição do Festival de Sanremo.

Em 2004, apresenta o programa Sogni e em 2006 Amore.

Em 2006, Tiziano Ferro lança o álbum Nessuno è solo com a música Raffaella è mia, dedicada a ela, que participa do clipe.

Em 2008, volta a ser chamada pela TVE. Em setembro daquele ano, apresenta Carràmba! Che fortuna, ligado à loteria italiana.

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • Raffaella (1970)
  • Raffaella Carrà (1971)
  • Raffaella... Senzarespiro (1972)
  • Scatola a Sorpresa (1973)
  • Milleluci (1974)
  • Felicità tà tà (1974)
  • Il meglio di Raffaella Carrà1975)
  • Forte Forte Forte (1976)
  • I successi di Raffaella Carrà(1977)
  • Fiesta (1977)
  • Ritratto di... Raffaella Carrà (1977)
  • Carrà Sera (1978)
  • Raffaella (1978)
  • Applauso (1979)
  • Mi Spendo Tutto (1980)
  • Raffaella Carrà (1982), em dueto com Franco Bracardi
  • Fantastica! (1982)
  • Fatalità (1983)
  • Bolero (1984)
  • Pronto... Raffaella? (1984)
  • Fidati (1985)
  • Curiosità (1986)
  • I Grandi Successi di Raffaella Carrà(1987)
  • Raffaella (1988)
  • Parti di Me (1988)
  • Mi Spendo Tutto (1990)
  • Inviato Speciale (1990)
  • Raffaella Carrà (1991)
  • I Miei Successi (1993)
  • I Successi di Raffaella Carrà (1994)
  • Fantastica Carrà (1996)
  • Carramba che Rumba (1996)
  • Gli Anni d'Oro (1997)
  • Raffaella Carrà (1997)
  • Raffaella Carrà (1998)
  • Raffaella Carrà (1998)
  • Fiesta/I Grandi Successi (1999)
  • Tutto Carrà (1990)
  • Raffaella Carrà(2000)
  • I Grandi Successi Originali (2000)
  • Fiesta/I Grandi Successi (2001)
  • Raffaella(2001)
  • Tutto Carrà(2001)
  • Raffaella Carrà (2001)
  • Raffaella... Senzarespiro (2001)
  • Raffaella Carrà (2001)
  • Raffaella Carrà (2005)
  • Raffaella Carrà (2006)
  • Raffica (2007)
  • Raffica (2008)
  • Far L'amore Comincia Tu (Remix) (Bob Sinclair e Raffaela Carrà) (2011)
Ícone de esboço Este artigo sobre um cantor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.